Trio mata amigo, abre o corpo e enche de pedras para ocultá-lo em Jataí

Para ocultar cadáver em rio, dupla enche corpo de pedras em Jataí | Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Para ocultar cadáver em rio, dupla enche corpo de pedras em Jataí | Foto: Divulgação/ Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu dois homens suspeitos de matar Marco Túlio da Silva, de 18 anos, e ocultar o cadáver em um rio de Jataí, a 320 km de Goiânia.

A investigação apontou que a dupla matou o rapaz a tiros e depois abriu o corpo para preenchê-lo com pedras, costurou a abertura e jogou-o no rio de uma fazenda.

Segundo a polícia há um terceiro suspeito de envolvimento, que está foragido.  Os três seriam amigos da vítima, que estava desaparecida havia duas semanas.

publicidade

Conforme apuraram os investigadores, Marco Túlio sumiu após sair para beber e jogar cartas com os amigos.

LEIA MAIS: Criança perdida é resgatada pela PM e devolvida à mãe em Goiânia

Dupla é presa após encher com pedras corpo de amigo assassinado em Jataí | Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Dupla é presa após encher com pedras corpo de amigo assassinado em Jataí | Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Presos, Eudesnei Souza Silva, de 22 anos, e Iad Hasan Zaghul, de 45, relataram que o crime foi cometido após uma “brincadeira de luta” e apontaram o paradeiro do corpo.

O cadáver foi encontrado em decomposição avançada por bombeiros na última quarta-feira, 11.

Os suspeitos, porém, negaram a autoria do crime e apontaram que Valdir Alves Júnior, de 26 anos, foi quem sacou uma arma e atirou contra Marco Túlio após um desentendimento.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter