Feriado de Finados marcado por uso drogas e bebida no Vaca Brava

Vaca Brava foi tomado por jovens que consumiam drogas e bebida no feriado | Foto: Folha Z
Vaca Brava foi tomado por jovens que consumiam drogas e bebida no feriado | Foto: Folha Z

Em flagrante realizado pela reportagem do Folha Z, dezenas de jovens e adolescentes foram vistos consumindo bebidas alcoólicas e drogas no Parque Vaca Brava, Setor Bueno, durante a tarde da última quarta-feira, 2, feriado de Finados.

O parque fica em uma das regiões mais nobres da capital e vários frequentadores ficaram revoltados com a situação. Uma empresária de 42 anos, que preferiu não se identificar, afirmou estar indignada com o que viu. Segundo ela, não foi possível aproveitar o dia de folga no parque, nem levar o filho e o cachorro para passear.

No mesmo dia, acontecia o tradicional evento Zombie Walk, que anualmente leva dezenas de jovens fantasiados de “mortos vivos” às ruas de Goiânia no Dia dos Finados. Mas a presença dos usuários de droga, somada à forte chuva, atrapalhou a realização da festa.

Os relatos das pessoas que estavam presentes eram de vários delitos cometidos no parque, como roubo de celulares e carteiras, além de uso de maconha, principalmente, e até mesmo de cocaína.

LEIA MAIS: UEG ocupada. Estudantes contrários à PEC 241 ocupam Eseffego

Muitos comentaristas criticaram nas redes sociais a ausência da polícia no parque. Porém, a leitora do Folha Z Felicia Lopes discorda da afirmação de que a polícia seja a responsável pelo problema. “Quem tem que olhar isso aí [são] os pais, que não sabem mais o que os filhos fazem da vida. Se aparecer Polícia ou a guarda municipal, eles simplesmente mudam de local”, afirmou.

PM

De acordo com o comandante da 9ª Companhia Independente da Polícia Militar, capitão Ricardo Pereira, nenhuma ocorrência foi registrada e a PM não foi informada de qualquer situação no Parque Vaca Brava.

Segundo o comandante, uma viatura fica constantemente no parque, principalmente para evitar furtos de celulares de estudantes que frequentam as escolas na região.

O capitão também recomendou que qualquer cidadão pode fazer denúncias e chamar diretamente a viatura que faz o policiamento dedicado ao Setor Bueno. O número é (62) 9.9628-9469.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook