Divulgado edital de processo seletivo para vagas no Hemocentro de Goiás

Remuneração vai até R$ 6.093,52. Inscrições são gratuitas

Um processo seletivo para preencher vagas do Hemocentro de Goiás foi divulgado na última quinta, 7.

A seleção é realizada pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (IDTECH).

O edital nº 007/2019 prevê vagas para 8 profissionais de áreas diferentes, além da formação de cadastro reserva, para atuação na Unidade de Coleta e Transfusão de Iporá.

Vagas no Hemocentro de Goiás

De acordo com o edital, as vagas disponíveis são para Biomédico ou Farmacêutico Bioquímico, Enfermeiro, Médico Clínico Geral, Recepcionista, Técnico em Enfermagem e Técnico em Laboratório.

A jornada de trabalho semanal varia de 20 a 44 horas.

Já a remuneração vai de R$ 1.165,53 até R$ 6.093,52.

Inscrições

As inscrições para o processo seletivo serão realizadas no dia 11 de novembro, das 10h às 18h, e no dia 12, das 8h às 18h.

Os candidatos interessados deverão se inscrever de forma presencial, munidos do formulário de inscrição preenchido.

A Unidade de Coleta e Transfusão do Hemocentro de Iporá fica na Av. São Paulo, nº 351, bairro Mato Grosso.

Detalhe: não haverá cobrança de taxa de inscrição.

Provas

Segundo o edital, o processo seletivo será composto por 4 etapas:

  1. avaliação curricular;
  2. prova de conhecimentos gerais ou específicos;
  3. avaliação psicológica e dinâmica de grupo;
  4. e entrevista por competências comportamentais.

A 1ª etapa pontuará o candidato de acordo com sua formação escolar e experiência profissional.

Já a prova de conhecimentos gerais ou específicos será realizada na data provável de 13 de novembro de 2019, com duração de até uma hora e trinta minutos.

Edital

Para mais informações sobre o processo seletivo, confira o edital do processo seletivo do Hemocentro Goiás:

Fábrica do Guaraná Mineiro abrirá 6 mil vagas de emprego em Aparecida


Quer receber notícias de vagas de emprego e concurso em Goiás?

É só seguir o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook