Um velório na cidade de São Luís do Curu, no Ceará, precisou ser interrompido depois que algo muito inusitado aconteceu.

Segundo a esposa do falecido, ele apertou a mão dela de dentro do caixão.

O caso ocorreu na última sexta-feira, 16, em uma cidade a cerca de 80 km de Fortaleza.

As informações são do “Jornal Metrópoles”.

Conforme o portal, testemunhas também disseram que o corpo transpirou e mexeu no caixão.

O suposto falecido, Raimundo Bezerra de Sousa, de 61 anos, estava preso na cadeia de Trairi.

Lá, o homem teria passado mal e foi encaminhado e internado no hospital de Itapipoca (CE).

Na quinta, 15, por volta das 22h, foi confirmada a morte de Raimundo.

Suspeitando que o homem ainda estava vivo, familiares chamaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Novamente, foi constatado que Raimundo estava morto.

Os familiares, ainda não concordando, levaram o homem ao Hospital Municipal Antônio Ribeiro da Silva, em São Luis do Curu.

Na unidade de saúde os médicos também confirmaram a morte de Raimundo.

O corpo foi sepultado por volta das 18h da última sexta-feira, 16.

Jovem de 23 anos está desparecido há mais de 1 mês em Aparecida


Acompanhe o Folha Z no FacebookInstagram e Twitter

Comentários do Facebook