Vila surfou na fama de Wendell Lira – JOGO LIMPO com Rodrigo Czepak

Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

Contratação do atacante premiado pela Fifa foi visionária (Foto: Reprodução)
Contratação do atacante premiado pela Fifa foi visionária (Foto: Reprodução)

Vila surfou na fama de Wendell Lira

O carismático Wendell Lira foi o personagem da semana com todos os méritos. Sua façanha – a conquista do prêmio de gol mais bonito do planeta em 2015 – entrou para a história como o maior feito do futebol goiano até hoje. Mas um aspecto merece registro especial: o profissionalismo do Vila Nova diante de uma oportunidade de ouro no marketing esportivo.

Não é exagero afirmar que o clube colorado aplicou uma goleada de 7 a 1 no Goiás, o seu eterno e mais organizado rival. O único mérito esmeraldino foi ter revelado Wendell Lira nas categorias de base. Na linguagem do futebol, o Goiás abriu o placar e depois levou uma virada espetacular, digna do passeio da Alemanha contra o Brasil em 2014.

Lances da goleada

Confira as sete jogadas de mestre do Vila Nova:

1-       Acertou com Wendell Lira logo após a indicação ao Prêmio Puskás, percebendo a projeção que o atacante teria;

2-       Dirigentes, jogadores e torcedores vestiram a camisa do “Wendell Lira Futebol Clube” com satisfação e otimismo;

3-      Todas as oportunidades de mídia foram aproveitadas, inclusive treino de Wendell Lira com time de juniores e abertura do estádio para reportagens especiais;

4-      O nome do Vila Nova sempre estava lá, ocupando espaço em todas as entrevistas e comentários relacionados ao grande acontecimento;f

5-      A gratidão de Wendell Lira fez toda a diferença. Em nenhum momento ele deixou de destacar a importância do Vila Nova para o seu “ressurgimento das cinzas”;

6-      A enorme satisfação dos patrocinadores com a mídia extra obtida nas coletivas de Wendell Lira no aeroporto e no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga;

7-      Aliada ao ótimo desempenho do Vila Nova em 2015, a conquista mundial de Wendell Lira ajudou a ampliar o interesse pelo título de sócio-torcedor do clube.

Wendell Lira pretende ficar no Vila Nova pelo menos até o meio do ano (Foto: Reprodução)
Wendell Lira pretende ficar no Vila Nova pelo menos até o meio do ano (Foto: Reprodução)

Clube visionário

Se Wendell Lira atingiu um objetivo fora do comum para quem atua no futebol goiano, o Vila Nova não ficou atrás. O clube foi visionário e profissional, situação milimetricamente oposta à realidade que entristeceu a torcida colorada nos últimos anos.

Barba de molho

O futuro é imprevisível, sem dúvida, mas ninguém ousa discordar que o Vila Nova de hoje nem de longe lembra o clube amador e desgovernado do passado. Enquanto isso o Goiás, o mais conhecido representante do estado nos bons tempos de Série A, necessita colocar a barba de molho para não ser atropelado pela locomotiva colorada.

Comentários do Facebook