No Dia da Doação, escolha o seu caminho da solidariedade

Bolacha e macarrão têm o mesmo peso de bilhões de dólares quando o foco está na ajuda ao próximo

Orgulhosa, a dona de casa Marilene Silva levou um pacote de bolacha e outro de macarrão na Igreja Matriz de Campinas, bairro mais antigo de Goiânia, antes do início da novena desta terça-feira, 3.

Aquela sacola plástica era a contribuição de uma mulher humilde para o Dia da Doação, data que mobiliza milhões de pessoas em todo o país.

Trata-se de um objetivo nobre: espalhar os laços de solidariedade e promover a cultura da doação. O Brasil aderiu à campanha mundial em 2013, juntando-se a 43 outros países.

Dia da Doação, ou Giving Tuesday, como é conhecido lá fora, ocorre sempre na primeira 3ª depois do Thanks Giving (Dia de Ação de Graças) | Foto: Larm Rmah / Unsplash
Dia da Doação, ou Giving Tuesday, como é conhecido lá fora, ocorre sempre na primeira 3ª depois do Thanks Giving (Dia de Ação de Graças) | Foto: Larm Rmah / Unsplash

No caso da dona Marilene, os alimentos serão destinados para a ceia de Natal de moradores de rua. Ela sequer imagina a façanha que a generosidade humana tem alcançado nos últimos anos.

O Dia da Doação no Brasil arrecadou, em 2018, R$ 1,2 milhão apenas com a participação das mídias sociais por intermédio do site oficial.

A Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR) é a representante oficial para evitar que aproveitadores utilizem a boa-fé dos doadores em benefício próprio.

Alegria no coração

O que aproxima Marilene Silva do bilionário Bill Gates, o chefão da Microsoft? A preocupação com o próximo.

A bolacha e o macarrão têm o mesmo peso se comparados aos quase 30 bilhões de dólares já doados em bolsas pelo mundo.

Cada um oferece o que pode e como pode, desde que seja com suavidade e alegria no coração.

Os esforços da Fundação Bill & Mellina Gates estão voltados para o desenvolvimento agrícola, saúde, assistência emergencial, pobreza urbana e educação.

Pouco importa se o megaempresário lidera o pelotão dos 20 bilionários que mais fizeram doações em todo mundo. O seu empenho em causas solidárias é real, factível diante de tantas adversidades.

Entre os caminhos seguidos por Marilene Silva e Bill Gates, há uma infinidade de opções para quem deseja doar. Descruze os braços e trilhe o seu próprio caminho.

50 anos do orfanato Lar Maria de Nazaré


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook