Por que a massagem pode mudar a sua relação com seu pet

Massagem pode trazer mais benefícios do que o relaxamento para o seu pet | Foto: Reprodução
Massagem pode trazer mais benefícios do que o relaxamento para o seu pet | Foto: Reprodução

Alguém disse massagem? Receber uma massagem relaxante, quem não gosta? Saiba que, além de promover o relaxamento, a atividade apresenta outros benefícios para o pet e seus tutores.

Muitos cães adoram receber um carinho. Surgida a oportunidade, lançam todo o seu “charme”, aquele olhar meigo e a barriguinha para cima, para ter uns minutinhos da sua atenção e receber uma carícia.

Este momento, apesar de parecer despretensioso, é uma ótima oportunidade de massagear e promover o relaxamento da musculatura do seu amigo, e conhecer mais intimamente as particularidades do corpo do animal.

Unifan Bolsas de até 70% – 300×250

Aproveite para massagear todas as partes do corpo. Investigue cuidadosamente e de forma tranquila o focinho, os olhos, a boca e os dentes, as orelhas e ouvidos, a barriguinha, as patas (inclusive as unhas) e o rabinho. Estas são áreas sensíveis que, ao serem tocadas, podem causar certo incômodo em alguns cães. Por este motivo, fique atento ao comportamento do seu animalzinho, respeitando sempre os seus limites de conforto.

Ao perceber que o toque em determinadas regiões causa muito incômodo, procure dessensibilizar o carinho nestes locais aos poucos e sempre associar este momento a algo positivo, como um petisquinho gostoso. O treino o ajudará em diversas situações pelas quais o seu animalzinho passará inevitavelmente.

LEIA MAIS: Como cuidar de um filhote – O Guia Absolutamente Completo

Veterinário

O manuseio de todas as partes do corpo do pet o ajudará a dessensibilizar o toque destas áreas sensíveis do corpo, que são passíveis de serem examinadas pelo médico veterinário nas consultas de rotina e procedimentos veterinários necessários. Por este motivo, cães acostumados com o toque por todo o corpo se sentem menos incomodados e apreensivos na hora da visita ao médico ou ao pet shop.

Conhecer seu pet mais intimamente também o auxiliará na identificação de possíveis anormalidades morfológicas e/ou fisiológicas. As sessões de massagem possibilitam identificar problemas de pele, a presença de ectoparasitas, ferimentos, inchaços e locais sensíveis ao toque que podem ter como causa a dor. Qualquer alteração ou incômodo fora do padrão do animal que ele possa a vir a apresentar durante a massagem é passível de investigação junto ao médico veterinário.

O momento da massagem é também um convite para estreitar a relação com o pet. O carinho, além de promover o bem-estar do animal, permite que você interaja de forma mais íntima e tranquila com seu amigo. O animal se torna mais confiante e tranquilo, além de adorar ter sua atenção e sentir o seu carinho. Além do prazer de dar e receber o afago do seu melhor amigo.

Aproveitem o momento!

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook