Por que você deve colocar os brinquedos do seu cachorro no congelador

Uma possibilidade interessante e que os cães adoram é oferecer brinquedos gelados no congelador | Foto: Reprodução
Uma possibilidade interessante e que os cães adoram é oferecer brinquedos gelados no congelador | Foto: Reprodução

Quem tem um filhotinho em casa convive com arranhões nos braços e nas pernas causados pelas mordidas típicas desses peludinhos. Apesar de serem pequenos, os dentes finos e afiados dos filhotes machucam e podem causar chateações e aborrecimentos.

Mas por que os filhotinhos mordem? Será que existe alguma razão para tal comportamento? Sim! Morder, para ele, é uma necessidade.

Quando pequenos, após o período de amamentação e desmame, inicia-se o nascimento da primeira dentição dos filhotes. Esse processo, que se repetirá na troca dos dentinhos de “leite”, entre o 4º e 5º mês de vida, causa certo incômodo e coceira nas gengivas. E uma forma de aliviar essa sensação é através das mordidas.

Unifan Bolsas de até 70% – 300×250

LEIA MAIS: Levar o cão ao veterinário é um problema? Essas dicas simples vão salvar sua vida

Entendendo ser uma necessidade dos filhotes, devemos direcionar as mordidas para os brinquedos, evitando que o pequeno alivie a coceira das gengivas nos mordendo. Procure oferecer brinquedos de diferentes materiais, desde os mais macios até os de maior dureza, como os de nylon duro.

Brinquedos no congelador

Uma possibilidade interessante e que os cães adoram é oferecer brinquedos gelados. Aqueles que podem ser colocados no congelador ajudam a aliviar o incômodo nas gengivas. Algo importante e que deve ser frisado é sempre supervisionar a interação do cão com o brinquedo, para assegurar que nenhum imprevisto aconteça. Procure sempre passatempos específicos para pet e que não soltem pedaços.

Procure também interagir com o seu filhote com algum brinquedo em mãos, nunca de mãos vazias. Desta forma, evitamos as mordidas indesejadas. Valorize o brinquedo, estimulando o cão a interagir com ele, e não com as suas mãos. Caso o cão insista em morder as suas mãos (e a mordida aconteça), pare a brincadeira e só retome quando o filhote se acalmar, oferecendo-lhe novamente o brinquedo.

Alguns filhotes escolhem objetos, como o controle remoto, o celular, o chinelo, o tênis, entre outros, e os elegem como passatempos. De fato, estes objetos atraem o interesse dos cães, pois são estes que rotineiramente estamos manuseando e, quando o filhote os pega, vira a maior correria para tomá-lo de volta.

Proibido

Para ele, tudo não passa de uma grande e divertida brincadeira. Por isso, devemos antecipar o erro. Procure manter os objetos “proibidos” fora do alcance dos filhotes e não os manusear na sua frente, apenas os permitidos.

Experimente a mesma situação quando o filhotinho lhe convida para brincar com o seu brinquedinho na boca. Esta é a maneira correta de brincar com os filhotes, valorizando os brinquedos que eles podem destruir. Com o tempo, o filhote aprenderá quais objetos são ou não são permitidos.

Entender as necessidades de nossos pequenos nos permite satisfazê-las e tornar a convivência mais tranquila e divertida!

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter