Como cuidar de um filhote – O Guia Absolutamente Completo

Antes mesmo da chegada do filhote, devemos preparar a casa para recebê-lo | Foto: Reprodução
Antes mesmo da chegada do filhote, devemos preparar a casa para recebê-lo | Foto: Reprodução

A chegada do filhote é um momento muito aguardado pelas famílias que decidiram acolher um membro de quatro patas. Eles são fofos, engraçadinhos e não há quem resista ao seu olhar doce e sapeca.

Nos primeiros dias, o pequeno exigirá alguns cuidados que tornarão a transição do antigo lar para a nova família mais tranquila. Antes mesmo da sua chegada, devemos preparar a casa para recebê-lo, pois o filhotinho é curioso e desejará explorar este novo ambiente.

publicidade

Para evitar acidentes e aborrecimentos, guarde objetos que possam cair ou quebrar e retire os tapetes para evitar que o filhote erre o xixi nesta superfície. Certifique-se de que fios estejam recolhidos e as tomadas protegidas. Mantenha produtos de limpeza e plantas (sobretudo por algumas serem tóxicas se ingeridas) fora do alcance do filhote. Em contrapartida, ofereça brinquedos próprios para pets para que vocês possam se divertir juntos.

LEIA MAIS: Crematório transforma animal de estimação em diamante após cremação

Cama e os potinhos de comida e água devem ser colocados afastados do local em que eles fazem as necessidades | Foto: Reprodução
Cama e os potinhos de comida e água devem ser colocados afastados do local em que eles fazem as necessidades | Foto: Reprodução

Defina o local onde o filhote fará suas necessidades. Evite trocar este lugar, pois isso pode confundi-lo. A cama e os potinhos de comida e água devem ser colocados afastados deste local, pois cães não gostam e evitam comer e dormir no local onde fazem as suas necessidades.

Programe para buscá-lo num dia em que você poderá dedicar um tempo a ele, pois o filhotinho, muito provavelmente, sempre esteve na companhia de sua mãe e irmãozinhos e não está acostumado a ficar sozinho. Ao buscá-lo, leve para casa com vocês algo que tenha o cheiro da ninhada. Pode ser o pano em que o filhote estava acostumado a dormir. Este o ajudará a se sentir mais seguro no novo lar.

Choro

Nas primeiras noites, provavelmente o filhote chorará. É natural que ele sinta falta da mãe e dos irmãos e se sinta inseguro. Permita que nas primeiras noites o filhote durma no quarto perto de vocês. Coloque a caminha no chão e forneça o pano com o cheiro da ninhada.

A fase de filhote exige dedicação e atenção ao pequeno, mas que são retribuídos pela alegria que o peludinho traz. O adestramento desde filhote incentiva a obediência básica, evitando possíveis problemas comportamentais, além de ser divertido e estreitar os laços afetivos entre a família e o companheiro de quatro patas.

Curta bastante esta fase, que é única e passa tão rápido!

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter