Entenda por que é bom espalhar a comida do seu cachorro pelo ambiente

Espalhar a comida do cachorro é uma das dicas da especialista em comportamento canino Cinthia Suzuki | Foto: Reprodução
Espalhar a comida do cachorro é uma das dicas da especialista em comportamento canino Cinthia Suzuki | Foto: Reprodução

Os animais na natureza precisam lutar para garantir a sua sobrevivência e a de todo o grupo. Os lobos, ancestrais dos cães, estão sempre em busca de água, alimento, abrigo e parceiros para a reprodução. Além de lutarem para ter acesso a estes recursos, eles precisam defender seus territórios e estar sempre atentos a qualquer possibilidade de ameaça e perigo. Estas atividades ocupam grande parte do dia dos animais, além de dispender energia física e mental.

Com a domesticação dos lobos e das primeiras espécies de cães, trouxemos estes animais e suas habilidades para mais perto de nós. No início, os cães realizavam funções específicas, como auxiliar na caça, no pastoreio de rebanhos de ovelhas e na defesa de chácaras e fazendas. Apesar da não necessidade de caçar e defender recursos de predadores, ainda assim, os estímulos físicos e mentais supriam as necessidades psicológicas e comportamentais dos cães.

publicidade

Hoje, a realidade das famílias e dos cães mudou. O dia a dia das famílias é corrido e os cães já não necessitam caçar para se alimentar e nem defender o território de predadores. O espaço e os estímulos para exercitar física e mentalmente os cães foram reduzidos consideravelmente e o tempo dedicado a eles também.

LEIA MAIS: Por que você deve colocar os brinquedos do seu cachorro no congelador

Neste contexto, o resultado desta matemática é: cães com energia de sobra e atividades de menos. Como suprir esta necessidade? É possível? Sim! Existem diversas maneiras para atender as necessidades deles por meio do enriquecimento ambiental.

O conceito de enriquecimento ambiental é promover um conjunto de atividades que oportunizam desafios físicos e mentais com a finalidade de atender às necessidades psicológicas e comportamentais de cada espécie. As atividades devem estimular os comportamentos naturais dos mesmos e assim melhorar o bem-estar, a qualidade de vida e evitar problemas comportamentais (compulsões e destruição, por exemplo).

O enriquecimento ambiental estimula os animais de diversas formas:

Alimentares

Existem no mercado diversos brinquedos destinados aos pets. Brinquedos que podem ser recheados com a própria ração, frutas, legumes e petiscos permitidos aos cães estimulam o comportamento de busca pelo alimento.

Podemos oferecer a alimentação dentro de brinquedos, em rolos ou caixas de papelão, ou até mesmo dentro de garrafas pets com furos em suas laterais. Podemos também espalhar o alimento no ambiente para estimular a procura. Além de estimular física e mentalmente o seu cão, esta atividade também pode ser muito divertida para eles. Experimente também oferecer coco verde e frutas congeladas em tempos de calor. Eles adoram!

Físicos

Os enriquecimentos ambientais físicos consistem em aumentar a complexidade e os desafios físicos do ambiente.

Oferecer espaços e possibilidades para os cães subirem, descerem e se esconderem, cordas para puxar, caixas de papelão para rasgar e brinquedos de maior dureza para morder e aliviar o estresse e a ansiedade. Aqui, daremos oportunidades de escolha em termos de ambiente.

Sensoriais

Os enriquecimentos ambientais sensoriais são aqueles que estimulam os cinco sentidos: tato, olfato, paladar, audição e visão. Aqui, cabe a imaginação. Oferecer superfícies e brinquedos com texturas diferentes estimulam o tato.

Permitir que o cão tenha acesso a substratos gramados e arenosos, também pode ser divertido. Estímulos olfativos instigam bastante os cães. Expor o cão a ervas aromáticas comestíveis e a cheiros de outros cães desperta bastante interesse.

Oferecer alimentos de diferentes texturas, sabores e de formas variadas, por exemplo, congelados, estimulam o paladar dos animais.

Cognitivos

O enriquecimento ambiental cognitivo é aquele que desafia o cão mentalmente. Muito utilizado para esta finalidade são os “quebra-cabeças” que precisam ser manejados pelos cães para obter os petiscos escondidos.

Sociais

O enriquecimento ambiental social consiste em permitir que o seu cão interaja com pessoas, outros cães e animais de outras espécies. Devemos lembrar que esta interação deve ser supervisionada para garantir a segurança de todos os envolvidos e ser feita de forma gradativa e positiva.

Ambiente enriquecido promove diversão e a melhora da qualidade de vida do seu cão. Solte a imaginação e divirtam se juntos!

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter