Jornalista aponta 20 motivos para elogiar Paulo Garcia

Altair Tavares apontou pontos altos da gestão de mais de 6 anos de Paulo Garcia em Goiânia | Foto: Reprodução
Altair Tavares apontou pontos altos da gestão de mais de 6 anos de Paulo Garcia em Goiânia | Foto: Reprodução

Chegando ao fim do seu mandato à frente de uma das mais importantes capitais brasileiras, restam ao prefeito Paulo Garcia (PT) poucos apoiadores e até mesmo críticas positivas à sua gestão. Porém, quem saiu em defesa da administração de 6 anos e 9 meses do petista foi o jornalista Altair Tavares.

Em seu blogue, o comunicador publicou postagem na qual enuncia “20 motivos para elogiar o mandato do prefeito Paulo Garcia”, que termina neste sábado, 31. Na análise do articulista, “é possível perceber que ele [Garcia] executou bons projetos para a cidade e que contribuíram para melhoria da qualidade de vida na capital”. Leia o artigo na íntegra.

Altair faz a ressalva de que há pontos que podem ser criticados, como a coleta do lixo deficitária e os problemas na saúde, mas listou duas dezenas de motivos pelos quais Paulo Garcia pode ser considerado um bom prefeito:

publicidade

Lista

– Construção e manutenção da Maternidade Dona Íris com alta qualidade;
– Início da construção da Maternidade Oeste;
Construção de 32 novas unidades de saúde; Ampliação do atendimento em 30%;
– Construção do Viaduto Mauro Borges;
– Viabilização e início da implantação do Projeto Macambira-Anicuns;
– Implantou a cultura de valorização da bicicleta com instalação de ciclovias e ciclofaixas;
– Construção da primeira cicloponte de Goiânia no Córrego Cascavel;
– Implantação dos corredores preferenciais da Av. Universitária e na Avenida 85; Início da implantação do corredor T-7 e T9;
– Viabilização e início da construção do BRT Norte-Sul;
– Viabilização e confirmação do empréstimo de U$ 100 milhões para o recapeamento do asfalto antigo de Goiânia.
– Aumento salarial de 108,29% para professores e de 52,71% para administrativos;
– Construção da nova Praça Cívica com valorização do patrimônio histórico:
– Construção de 15 novos parques (Incluindo do Projeto Macambira Anicuns).
– Ampliação da estrutura da Guarda Municipal de Goiânia;
– Continuidade e construção do novo Mutirama integrado ao Parque Botafogo; Construção do teleférico.
– Reforma administrativa com redução do número de secretarias;
– Concurso da educação em andamento para efetivar professores e administrativos em 2017.
– Melhoria no IDEB da rede municipal de Goiânia.
– Construção de CMEIS com ampliação de 14 mil vagas para crianças de 0 a 4 anos;
– Levou Goiânia para o mundo com integração ao projeto de Cidades Sustentáveis.

LEIA MAIS: Cai granizo em Goiânia durante forte temporal na tarde desta sexta

Iris

A partir de 1º de janeiro, quem assume o prefeitura é Iris Rezende, eleito para mais um mandato. O veterano peemedebista foi o antecessor de Paulo Garcia (PT) e ajudou o petista a se eleger. Em 2016, porém, os partidos romperam a aliança e até mesmo Rezende não poupou Garcia de críticas pesadas durante a campanha.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter