Adriano Baldy (à direita na imagem) deixa cargo na Prefeitura de Anápolis para ser secretário estadual de Cultura | Foto: Reprodução
Adriano Baldy (à direita na imagem) deixa cargo na Prefeitura de Anápolis para ser secretário estadual de Cultura | Foto: Reprodução

Irmão do ex-ministro das Cidades e presidente do Progressistas em Goiás, Alexandre Baldy, Adriano Baldy deve ser empossado secretário estadual de Cultura nesta quarta, 27.

Ele deixará o cargo de Secretário de Desenvolvimento no município de Anápolis para assumir o novo posto, atualmente ocupado por Edival Lourenço.

Aos 48 anos, Adriano Baldy é formado em Administração de Empresas e pós-graduado em Finanças pela Fundação Getúlio Vargas.

A sua nomeação como secretário sela a entrada do PP no Governo de Ronaldo Caiado (DEM), após apoiar Daniel Vilela nas eleições de 2018.

Debandada

Conforme destacado pela Folha Z na semana passada, membros importantes do Progressistas em Goiás cogitam deixar a sigla na próxima janela partidária.

É o caso de pelo menos 2 deles: o senador Vanderlan Cardoso, que estuda se candidatar ao governo em 2022, e o deputado federal Professor Alcides, que recebeu convite para se filiar ao recém-criado partido do presidente Jair Bolsonaro, Aliança Pelo Brasil.

Caiado critica Enel e convoca protesto em frente à empresa


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook