Decisões no PP não são tomadas de forma unilateral, diz Alexandre Baldy

Presidente ainda ressaltou que os parlamentares estão 'à vontade para tomarem as suas próprias decisões' após matéria que relatou insatisfação de membros em Goiás

Presidente do PP Goiás, Alexandre Baldy | Foto: Divulgação
Presidente do PP Goiás, Alexandre Baldy | Foto: Divulgação

“As decisões no Partido Progressistas não são tomadas de forma unilateral”, afirmou o presidente do PP Goiás, Alexandre Baldy, à Folha Z.

A declaração foi dada após matéria do site que apontou insatisfação dos filiados com a gestão da sigla no Estado.

Segundo apuração da reportagem, o deputado federal Professor Alcides, o senador Vanderlan Cardoso e o deputado estadual Coronel Adailton estudam uma troca de legenda na próxima janela partidária.

Baldy, porém, ressaltou que as pautas são discutidas por toda a Executiva goiana do partido.

Por fim, o presidente lembrou que os parlamentares sempre estiveram “à vontade para tomarem as suas próprias decisões”, como no caso do apoio ao governador Ronaldo Caiado (DEM), que ficou a critério de cada filiado.

Confira a fala de Alexandre Baldy:

“As decisões no Partido Progressistas não são tomadas de forma unilateral. Ao contrário, as pautas são discutidas por todos. Existe uma unidade na legenda, que cresce e ganha força em Goiás. Ademais, a Executiva deixa os parlamentares à vontade para tomarem as suas próprias decisões.”

Bolsonaro quer Professor Alcides em seu novo partido


Quer receber notícias da política de Goiás?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos do Estado.

É só seguir a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook