Alexandre Magalhães garante que vai solucionar dois grandes problemas do Jardim América

"Se a prefeitura não dá conta, eu proponho ajudar. É preciso unir esforços para o bem da comunidade do Jardim América. O que não pode é essa morosidade no processo"
“Se a prefeitura não dá conta, eu proponho ajudar. É preciso unir esforços para o bem da comunidade do Jardim América. O que não pode é essa morosidade no processo”

Em entrevista exclusiva ao Jornal Folha Z, o candidato do PSDC ao governo de Goiás, Alexandre Magalhães, garante que se eleito irá fazer uma transformação no Ciams Jardim América e resolverá um problema viário no setor que já dura 20 anos

No dia 5 de outubro, saberemos o nome que governará Goiás pelos próximos quatro anos. Com o intuito de auxiliar a nossa comunidade, sobretudo moradores do Jardim América – bairro em que o Folha Z nasceu – procuramos o candidato a governador Alexandre Magalhães (PSDC) para saber dele suas propostas para o maior bairro de Goiânia.

Ciams Jardim América

Ao ser questionado, o governadoriável foi objetivo e enfático ao dizer que, hoje, um dos grandes anseios dos moradores do Jardim América é a mudança do Centro Integrado de Atenção Médica Sanitária (Ciams) do setor, para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Atualmente, serviços oferecidos pelos Ciams se restringem a atendimentos ambulatoriais e consultas médicas, sendo assim, não contemplam todos os anseios dos moradores na área da saúde. Para o candidato, o modelo mais indicado a esse grande bairro da capital goiana é a UPA: funciona 24 horas, sete dias da semana e resolverá grande parte das urgências e emergências, como hipertensão, fraturas, infartos e derrame (AVC). Com isso, ajudará a diminuir filas nos prontos-socorros dos hospitais maiores, acredita Alexandre.

Outro fator interessante que Alexandre destaca é que a UPA inova ao oferecer estrutura simplificada com raio-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação. “Nos locais onde há UPA comprovou-se que 97% dos casos são solucionados ali mesmo, contribuindo para desafogar grandes hospitais como Hugo”, frisou. Porém, a competência de fazer esse processo de mudança é da prefeitura, através de parceria com os governos federal e/ou estadual. Se eleito, Alexandre garante que não vai medir esforços para reformular o Ciams Jardim América.

Avenida C-107

Alexandre Magalhães disse se sensibilizar com os moradores que têm casas próximas à Avenida C-107, entre as ruas C-120 e C-190. Pois, conforme Alexandre, o que a princípio daria origem a uma ponte sobre o Córrego Cascavel virou um pesadelo que dura 20 anos. “Sempre mexem ali e nunca concluem”, disse Magalhães. Se for concluída, a construção ligará o bairro Jardim América à Vila Alpes com o objetivo de aprimorar o tráfego no chamado eixo T-8, a fim de aliviar o trânsito nas vias T-9 e T-7. “Os moradores do Jardim América não podem mais conviver com o acúmulo de entulho e essa degradação”, ressaltou o candidato.

Outro questionamento feito pelo Folha Z é o fato da obra ser responsabilidade da prefeitura e não do governo. Outra vez o candidato foi veemente conciso. “Se a prefeitura não dá conta, eu proponho ajudar. É preciso unir esforços para o bem da comunidade do Jardim América. O que não pode é essa morosidade no processo”.

Comentários do Facebook