Ronaldo Caiado e Jair Bolsonaro | Foto: Isac Nóbrega/PR
Ronaldo Caiado e Jair Bolsonaro | Foto: Isac Nóbrega/PR

Após ir a Brasília para uma reunião com Jair Bolsonaro na 2ª feira (4), Ronaldo Caiado não quis “atualizar o seu status” em relação ao presidente.

Em entrevista nesta 3ª (5) ao O Popular, o governador evitou responder se voltou a ser aliado político de Bolsonaro.

Em março, Caiado anunciou publicamente o seu rompimento com o presidente por conta da política adotada pelo Planalto na crise do coronavírus.

“Tanto na política como na vida, a ignorância não é uma virtude”, afirmou, à época.

Pouco mais de 1 mês depois, porém, adotou um tom mais ameno para explicar se voltou ou não a se considerar um aliado do presidente após o encontro mais recente.

“Sou um político extremamente independente. Não sigo script. Sou aliado da população de Goiás”, disse.

Segundo o próprio governador, a reunião com Bolsonaro também teve a presença do presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

Na conversa de 1h, eles discutiram o projeto de auxílio a Estados e municípios e outras questões relativas à união entre os 3 Poderes.

Israel anuncia descoberta de anticorpo para o coronavírus


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook