Cidade Administrativa, sede da Prefeitura de Aparecida de Goiânia | Foto: Divulgação
Cidade Administrativa, sede da Prefeitura de Aparecida de Goiânia | Foto: Divulgação

Aparecida de Goiânia recebeu R$ 18 milhões referentes à 1ª parcela do auxílio financeiro destinado pelo Governo Federal aos Estados e municípios no combate à pandemia da covid-19.

À Folha Z, o secretário municipal da Fazenda André Rosa adiantou que, deste montante, R$ 3 milhões são destinados exclusivamente à saúde.

André Rosa | Foto: Divulgação/Câmara de Aparecida
André Rosa | Foto: Divulgação/Câmara de Aparecida

Mas, apesar desse aporte e da retomada escalonada do comércio na cidade, a perspectiva ainda é de déficit.

De acordo com a André, a perda de arrecadação com o impacto da crise ainda é do ordem de R$ 90 milhões.

“Ainda é cedo para avaliar se a retomada do comércio com o escalonamento vai atenuar o impacto na arrecadação”, afirmou.

Porém, a expectativa do Executivo é que o consumo seja retomado e a economia comece a se reestruturar.

“Tudo que a pessoa for comprar no dia em que o setor dela está paralisado, ela deve se planejar para comprar 1 dia antes ou 1 dia depois, acabando que vai consumir da mesma forma”, analisou o secretário.

Covid-19: ‘Goiânia deveria copiar Aparecida’, diz Marcelo Baiocchi


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook