Aparecida em breve deve contar com escalonamento, cuja proposta será a alternância por dias da semana, e não por horários, como foi adotado em Goiânia | Foto: Enio Medeiros
Aparecida em breve deve contar com escalonamento, cuja proposta será a alternância por dias da semana, e não por horários, como foi adotado em Goiânia | Foto: Enio Medeiros

Após a medida ser adotada pela capital, Aparecida de Goiânia também elabora um projeto de escalonamento para a abertura do comércio e da indústria na cidade.

Durante live nesta 3ª feira (19), o prefeito Gustavo Mendanha afirmou o plano será debatido pelo Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao Novo Coronavírus nos próximos dias.

Como funcionaria

A ideia é que haja alternância por dias da semana, e não por horários.

O funcionamento seria escalonado por segmento de atuação. Por exemplo: a ramos A, B e C, só poderiam abrir de 2ª a 6ª, ficando proibidos de funcionar aos fins de semana. Outros segmentos, por sua vez, teriam a abertura permitida apenas de 5ª a 2ª.

Assim, o objetivo do escalonamento é controlar o fluxo de trabalhadores, sobretudo no transporte coletivo, e manter o distanciamento social.

“Todo mundo tem que ter consciência e se ajudar”, advertiu o prefeito.

Com alto índice de contaminação, comércio do Garavelo pode ser fechado


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook