Arrecadação tributária em Goiás teve aumento superior a R$ 1,7 bilhões em 2019 | Foto: Marcos Santos / USP Imagens
Arrecadação tributária em Goiás teve aumento superior a R$ 1,7 bilhões em 2019 | Foto: Marcos Santos / USP Imagens

De acordo com o Sindicato dos Funcionários do Fisco do Estado (Sindifisco-GO), a arrecadação de impostos em Goiás em 2019 foi R$ 1,8 bilhão maior do que em 2018.

O montante aponta um crescimento de 9,42%, contra inflação estimada em 4%.

Ao todo, a Secretaria de Economia arrecadou R$ 20,8 bilhões com o recolhimento de ICMS, IPVA, ITCD, taxas e Protege.

Segundo o Sindifisco, o ICMS, principal tributo estadual, cresceu 8,7% em relação ao ano de 2018.

Foi uma arrecadação de R$ 17,1 bilhões, representando mais de 82% do total.

Já o IPVA obteve incremento de 11,43%, arrecadando R$ 1,59 bilhão, representando 7,66% do total da receita tributária.

O ITCD, imposto que incide sobre heranças e doações, teve desempenho pior em relação ao ano anterior, arrecadando R$ 311 milhões -R$ 80 milhões a menos que em 2018-, participando com 1,5% no total da arrecadação tributária.

Divulgação / Sindifisco-GO
Divulgação / Sindifisco-GO

De acordo com o sindicato, a redução do ITCD decorreu da adequação de sua arrecadação por ocasião alteração de leis que resultaram em uma arrecadação extraordinária em 2018.

Por fim, o Protege Goiás obteve um incremento de 68%, com R$ 338 milhões a mais que no ano anterior.

O aumento foi menor do que as projeções, que apontavam incremento de R$ 600 milhões.

Caiado é o governador mais popular do Brasil na internet


Quer receber notícias da política de Goiás?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos do Estado.

É só seguir a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook