Maguito Vilela, Ronaldo Caiado e Gustavo Mendanha | Foto: Montagem
Maguito Vilela, Ronaldo Caiado e Gustavo Mendanha | Foto: Montagem

Um rearranjo das alianças eleitorais em Goiânia e Aparecida está sendo articulado neste momento.

Com a saída de Iris Rezende da disputa, grupos antes distantes dentro do MDB e do DEM agora ensaiam uma aproximação.

E, segundo interlocutores emedebistas, as conversas tratam de um arranjo de forças simultaneamente nas duas cidades.

Assim, Maguito Vilela (MDB) contaria com o apoio do governador Ronaldo Caiado (DEM) – ou pelo menos não o teria como adversário – na disputa pela Prefeitura de Goiânia.

Em contrapartida, o governador também deixaria de ter um opositor, Daniel Vilela (MDB), na briga pela reeleição, em 2022.

Vices

Para formalizar esse pacto, segundo fontes internas de ambos os partidos, a solução seria a possível indicação de vices.

Dessa maneira, o DEM indicaria o vice-prefeito para a chapa de reeleição de Gustavo Mendanha em Aparecida e um vice para Maguito na capital.

Por consequência, o MDB pleitearia a indicação de um vice-governador para compor a chapa de reeleição de Caiado em 2022.

E o nome mais cotado para a posição, até agora, é o próprio Gustavo Mendanha.

Conforme legislação eleitoral, essas articulações deverão ser concluídas até o próximo dia 16, data limite para as convenções partidárias que escolherão candidatos majoritários e vices.

OUÇA O PODCAST 👉 Candidatura de Maguito abre portas para o DEM em Aparecida


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida? NOSSO NÚMERO MUDOU!

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Basta clicar aqui para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

Comentários do Facebook