Ainda falta 1 ano para as eleições municipais de 2020, mas as articulações (ou especulações) já estão a todo vapor.

Em Aparecida, a expectativa de que, a exemplo de 2016, outra renovação ocorra na Câmara dos Vereadores.

De olho nesse movimento, muitas figuras já inseridas na política aparecidense já começaram a se movimentar.

E o principal desses grupos é composto por auxiliares da Prefeitura de Aparecida de Goiânia.

Pensando nisso, o Folha Z fez uma lista de 10 assessores de Gustavo Mendanha com chance de se elegerem vereadores em 2020.

Assessores de Mendanha cotados para serem vereadores em 2020 | Infográfico: Folha Z
Assessores de Mendanha cotados para serem vereadores em 2020 | Infográfico: Folha Z

10. Pastor Avelino

Secretário executivo de Mobilidade, Pastor Avelino é servidor concursado do município há 25 anos.

Sem partido, ele diz que sua aproximação à família Mendanha deve-se ao ex-prefeito Leo Mendanha, com quem tem ligação histórica.

Foi chefe de gabinete de Gustavo Mendanha na Câmara dos Vereadores e na Prefeitura de Aparecida, antes de se tornar secretário executivo.

Sua maior representação é nos setores Colina Azul, Independência Mansões e Cidade Livre.

9. Rogério Almeida

Rogério Almeida é assessor especial do prefeito e não tem partido.

Ao Folha Z, ele disse que tem disposição para concorrer a uma vaga no Legislativo em 2020.

Porém, ressaltou que só disputa a eleição se tiver a “bênção” do prefeito, a quem tem acompanhado pelos últimos 6 anos.

É conhecido na prefeitura como o “sombra” de Gustavo Mendanha, por acompanhar o prefeito onde quer que ele vá.

Evangélico, tem expressão no bairro Cidade Livre, onde nasceu e se criou.

8. Hans Miller

Hans Miller tem apenas 27 anos, mas já tem expressão em Aparecida.

Ele é 1º suplente de vereador pelo PR e só não assumiu cadeira por causa de 1 voto.

Sua votação foi exatamente a mesma obtida pelo vereador Elias Júnior: 1.544.

No critério de desempate (idade mais avançada), Elias ficou com a vaga.

Hans é da região do Veiga Jardim, Papillon e Mansões Paraíso.

E sua ligação mais forte é com igrejas evangélicas. Seu pai, inclusive, é pastor e líder religioso na região.

7. Hanleryo Arantes

Guarda civil municipal, Hanleryo Arantes hoje é secretário Executivo da Juventude.

Aos 36 anos, ele mora há 23 deles na região da Vila Brasília.

Foi chefe de gabinete de Gustavo Mendanha durante o 1º mandato do prefeito como vereador.

E, apesar de nunca ter sido filiado a partido algum, tem ligação com o MDB.

6. Júlio Lemos

Júlio Lemos foi vereador por Goiânia no início da década de 2000.

Depois, foi candidato 2 vezes em Aparecida, mas não conseguiu se eleger.

Hoje no PSC, tem ligação com a região do Garavelo.

Porém, Júlio disse ao Folha Z que ainda não decidiu se concorrerá em 2020: “No final do ano vou parar para decidir”.

5. Ezizio Filho

Ezizio Alves Barbosa Filho, ou Ezizio Filho, cresceu na região da Vila Alzira e, hoje, mora no Setor Conde dos Arcos.

Filho do ex-vereador Ezizio Barbosa, ele trabalhou ao lado do pai durante 15 anos de mandato.

Atualmente trabalha como assessor na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, comandada por Max Menezes.

4. Fabíola Luz

Diretora na Secretaria de Assistência Social, Fabíola Luz também é apontada como uma virtual candidata em 2020.

Ela, porém, diz que não há nada definido ainda.

Nos bastidores, comenta-se que ela seria a candidata da primeira-dama.

Hoje no DEM, Fabíola já estuda filiar-se a outra sigla.

Seu nome chegou a ser colocado para disputar vaga na Câmara em 2016, mas a candidatura acabou não indo para frente.

Ela é da região do Centro de Aparecida de Goiânia.

3. Antônio Neto

Antônio Neto é Diretor de Limpeza Urbana em Aparecida, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Urbano.

Apesar de ter nascido e se criado no Colina Azul, ele ressalta que tem contato com as mais variadas regiões da cidade.

Sem filiação partidária no momento, ele diz já trabalha para viabilizar sua pré-candidatura.

2. Sandro Oliveira

Ligado ao prefeito Gustavo Mendanha há anos, Sandro Oliveira trabalha ao lado da primeira-dama Mayara Mendanha.

Ele é diretor da gestão do trabalho na Secretaria de Assistência Social.

E, apesar de ainda não ter partido, ele diz já ser pré-candidato.

“Com essas mudanças das últimas eleições, estou ouvindo as opiniões dos eleitores para me adaptar a essa moderna política”, disse ele ao Folha Z.

Sandro tem ligação com as regiões da Vila Oliveira (onde mora) e do Pontal Sul.

Além disso, seu pai, Oliveirão, foi secretário de Desenvolvimento Urbano no 1º mandato de Maguito Vilela.

1. Marcelo Sapateiro

Marcelo Morais, também conhecido como Marcelo Sapateiro, é Diretor de Esportes em Aparecida.

Ele já articula sua pré-candidatura e estuda trocar o SD por outro partido, que viabilize a sua eleição.

No início da sua carreira política, atuou ao lado do vice-prefeito Veter Martins em eleições na década de 1990.

Morador do Cruzeiro do Sul há 35 anos, ele também tem penetração nos bairros Cidade Satélite, Hilda e Nova Era.

Um agradecimento: Leitores do Folha Z em Aparecida crescem 500%


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Mande uma mensagem para o Whatsapp do Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais do Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Aparecida”.

Comentários do Facebook