O governador Ronaldo Caiado abriu as portas do Palácio Pedro Ludovico Teixeira na tarde desta 5ª feira, 30, para uma reunião com o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha.

Esse é o 1º encontro dos 2, no Palácio, desde que Ronaldo Caiado assumiu o governo de Goiás.

Governador e prefeito não apresentavam boa relação administrativa. Gustavo se queixava quanto ao tratamento dado pelo governo a ele e a Aparecida.

Os 2 se aproximaram um pouco mais após a última visita de Ronaldo Caiado em Aparecida, em no ano passado.

Ambos estavam acompanhados de secretários e assessores.

Veja como foi o encontro em 9 de dezembro:

Caiado fala sobre problemas de Aparecida durante visita à cidade

Mendanha apresenta 6 demandas de Aparecida a governador

    • Acompanharam o governador na reunião:deputado estadual Karlos Cabral; os secretários de Estado Marcos Silva (Comunicação), Fátima Gavioli (Educação), Rafael Rahif (Esporte e Lazer) e Fábio Cammarota (Geral da Governadoria); os presidentes Eurípedes do Carmo (Agehab), Marcos Cabral (Codego) e Ricardo Soavinski (Saneago); além dos subsecretários Geraldo Scarpellini (Segurança Pública), Márcio César Pereira (Desenvolvimento Econômico e Inovação) e Luciana Vieira (Saúde).
  • Junto ao prefeito de Aparecida de Goiânia, estiveram presentes:

    primeira-dama e secretária de Assistência Social de Aparecida de Goiânia, Mayara Mendanha e o vice-prefeito Veter Martins; os secretários do município Ricardo Teixeira (Articulação Política), Fábio Passáglia (Casa Civil), André Rosa (Fazenda), Alessandro Magalhães (Saúde), Cleomar Rocha (Ciência, Tecnologia e Inovação), Valéria Pettersen (Educação e Cultura), Max Menezes (Desenvolvimento Urbano), Ozéias Laurentino (Comunicação), Einstein Paniago (Projetos e Recursos) e Johnathan Medeiros (Governo).

Observação: a reunião não teve a presença dos deputados federais aparecidenses Professor Alcides e Glaustin da Fokus.


Quer receber notícias da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade.

É só seguir a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

 

Comentários do Facebook