Alertas de risco à saúde podem passar a ser obrigatórios em bebidas alcoólicas comercializadas em Goiás | Foto: Marcos Santos / USP Imagens
Alertas de risco à saúde podem passar a ser obrigatórios em bebidas alcoólicas comercializadas em Goiás | Foto: Marcos Santos / USP Imagens

Tramita na Assembleia Legislativa uma proposta para obrigar que as embalagens de bebidas alcoólicas comercializadas em Goiás tenham informações sobre riscos à saúde.

Autor da proposta, o deputado Alysson Lima (Republicanos) argumenta que o consumo de bebida alcoólica é nocivo à saúde e as informações devem ser repassadas pelos produtores aos consumidores.

“Já ocorre com vários produtos que causam prejuízos à saúde de quem as consomem, como o cigarro, que trazem estas informações nas embalagens e rótulos”, argumentou.

A ideia é que a embalagem de qualquer bebida alcoólica comercializada no Estado, contenha a seguinte frase de caráter educativo: “Alerta! O álcool é a droga que mais mata no mundo”.

O projeto, no entanto, recebeu um 1º parecer contrário na na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), sob relatoria do deputado Karlos Cabral (PDT).

Aparecida vai multar quem jogar lixo na rua


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook