Nota oficial de Caiado desmente doação em live de Wesley Safadão e Raça Negra | Foto: Reprodução
Nota oficial de Caiado desmente doação em live de Wesley Safadão e Raça Negra | Foto: Reprodução

Em nota oficial divulgada nesta 2ª feira (18), o governador Ronaldo Caiado desmentiu a última fake news criada com seu nome.

No texto, ele negou que tenha sido o responsável por uma doação de 10 toneladas de alimentos durante live de Wesley Safadão e Raça Negra, no domingo (17).

Vocalista do Raça Negra, Luiz Carlos chegou a elogiar o governador durante a transmissão, acreditando que a informação era verdadeira.

“Esse exemplo do Caiado que a gente queria que eles [políticos] se ligassem. Nós estamos nessa situação por causa dessa equipe toda de políticos, que viu que estava chegando uma pandemia, e não fizeram nada. O Caiado está dando esse exemplo. Esses políticos têm que aprender que não é só roubar, tem que ajudar”, disse.

Porém, conforme a nota, a doação não foi realizada por Caiado, que lamentou a “mentira” e a “brincadeira com sentimentos alheios”.

O governador ainda ressaltou que denunciará a ação à polícia: “vou fazer uma denúncia para que as autoridades competentes identifiquem e punam esses criminosos que usaram meu nome para uma doação falsa”.

R$ 50 mil

Para doar falsamente em nome do governador, o autor do “gesto” gastou por volta de R$ 50 mil.

Isso porque cada tonelada doada por meio do Mesa Brasil, programa do Sesc que atua em prol da segurança alimentar e nutricional, custa R$ 5 mil.

Confira a íntegra da nota oficial:

“O Governo de Goiás tem trabalhado intensamente para cuidar do próximo, principalmente dos mais vulneráveis nessa pandemia do coronavírus. E, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, OVG e o Gabinete de Políticas Sociais, já entregou quase sete mil toneladas de alimentos, álcool 70% e produtos de higiene e limpeza para os 246 municípios do Estado de Goiás.

Fizemos chegar essas doações às famílias mais carentes, quilombolas e assentamentos. É preciso solidariedade e essas ações continuam. Mas, nessa era de fake news, não respeitam nem o trabalho social. No final de semana, alguém fez uma falsa doação de 10 toneladas de alimentos durante uma live do Wesley Safadão e Raça Negra em meu nome. Mentiram para os artistas que faziam um gesto nobre. Infelizmente existem pessoas que brincam com o sofrimento, a necessidade e a boa vontade das pessoas.

Os artistas estão fazendo sua parte, não só entretendo a população. Arrecadam alimentos por meio de suas lives. Goiás já foi muito beneficiado por ações como essa. Diante disso, vou fazer uma denúncia para que as autoridades competentes identifiquem e punam esses criminosos que usaram meu nome para uma doação falsa. De acordo com os rigores da lei. E ressalto aqui minha admiração por todos os artistas, ao @wesleysafadao, @racanegra e a todos que estão fazendo sua parte, não só levando alegria, mas ajudando a quem mais precisa”.

Comete crime quem descumpre normas de proteção contra o Covid-19?


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook