Caiado chega a ponto de virada decisivo dos seus 9 meses de mandato

Governador começa a trocar retrovisor de ataques por projetor do seu perfil administrativo

Setenta anos de vida recém comemorados e nove meses à frente do Governo de Goiás.

Ronaldo Caiado concedeu entrevista à Rádio Interativa FM (abaixo) na manhã desta terça-feira, 1, com um semblante menos carregado.

O Falando Sério recebe hoje o governador Ronaldo Caiado (DEM). Mande sua pergunta para o WhatsApp (62) 9847-8868.

156 Likes, 9 Comments – Rádio Interativa FM 94.9 (@interativafm) on Instagram: “O Falando Sério recebe hoje o governador Ronaldo Caiado (DEM). Mande sua pergunta para o WhatsApp…”

O governador, aos poucos, está trocando o retrovisor de ataques a desafetos políticos pelo projetor do seu perfil administrativo.

Ganha Caiado, ganha o cidadão. Uma guinada drástica se comparada à sua recente passagem por Catalão, quando faltou marcar hora e local para acerto de contas com o ex-governador Marconi Perillo (abaixo).

Os ouvintes vibraram muito mais com a bateria de informações sobre investimentos na saúde, redução de gastos e aumento de 28% no número de atendimentos em hospitais geridos por OSs. “Vamos economizar quase R$ 10 milhões por mês”, assegurou.

Críticas

Lembrete histórico: Ronaldo Caiado não é o único a patinar nessa transição de discursos. Marconi Perillo (1999) e Iris Rezende (2005) abusaram dos bombardeios ao MDB e ao PT, respetivamente.

Por isso sofreram críticas pesadas e reagiram à altura dos votos conquistados. Compreender o momento oportuno da guinada administrativa é para poucos, diferencia os comuns dos qualificados.

Não importa o tamanho do rombo assumido – e os tucanos capricharam na “herança maldita” – mas o eleitor enxergou em Caiado o agente público capaz de fazer diferença.

Governador Ronaldo Caiado deu entrevista ao vivo, no programa “Falando Sério”, da rádio Interativa FM, na manhã desta terça, 1º | Foto: Hegon Correa
Governador Ronaldo Caiado deu entrevista ao vivo, no programa “Falando Sério”, da rádio Interativa FM, na manhã desta terça, 1º | Foto: Hegon Correa

Pesquisas

É o mínimo que se espera de um candidato que venceu a eleição no 1º turno, não tomando conhecimento dos adversários, fato raro na política goiana.

Pesquisas internas apontam que Ronaldo Caiado necessita dar “uma cara” ao seu governo. Ética, transparência, combate à corrupção e rigor financeiro são consideradas obrigações do gestor moderno, portanto a tarefa não é tão simples.

Superados os entraves com folha de pagamento, acomodações políticas, altos e baixos na equipe de auxiliares, qual caminho a seguir?

O governador tem o desafio de encontrar respostas neste trimestre (outubro a dezembro) para construir uma realidade menos traumática em 2020.

Ano eleitoral costuma ser bem mais limitado no tempo e na paciência dos aliados. Ter algo representativo para apresentar aos 7 milhões de goianos é fundamental para as pretensões políticas de quem ocupa o Palácio das Esmeraldas.

O controle sobre o uso do retrovisor está nas mãos do condutor político Ronaldo Caiado.

Hilux e venda de sentenças ampliam crise no Judiciário


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook