Camila Rosa | Foto: Reprodução
Camila Rosa | Foto: Reprodução

Pré-candidata a vereadora pelo PSD, Camila Rosa pretende acionar a polícia contra o que ela classificou como campanhas de difamação e fake news nas redes sociais.

De acordo com ela, mensagens falsas têm atribuído a ela a responsabilidade pelo escalonamento estabelecido para as feiras de Aparecida de Goiânia.

Feirante desde jovem e uma das representantes da categoria em discussões políticas, Camila ressalta que não participou da idealização do rodízio e não foi uma das defensoras da sua implantação.

Segundo ela, trata-se de um movimento orquestrado para prejudicar a sua pré-campanha.

Com registros das mensagens difamatórias, Camila agora pretende levar o caso à Polícia Civil para que se apure a ocorrência de crime contra e honra e de ameaça contra ela.

Feirantes

Após protestos no início da semana, representantes das feiras terão audiência na próxima 6ª feira (19), às 9h, no Paço Municipal.

Eles se comprometeram a elaborar uma cartilha com normas de segurança para o retorno total das atividades em Aparecida.

Leia mais:

Prefeitura de Aparecida marca reunião com feirantes para 6ª feira (19)


Quer receber notícias da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade.

É só seguir a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook