Vereador Cláudio Nascimento | Foto: Divulgação / Câmara de Aparecida
Vereador Cláudio Nascimento | Foto: Divulgação / Câmara de Aparecida

O vereador Cláudio Nascimento (PRB) não vai disputar a reeleição em 2020.

Segundo ele, o afastamento é motivado por questões de saúde.

Cláudio sofreu um infarto no início de novembro e, durante um procedimento de cateterismo, teve uma parada cardíaca.

As complicações fizeram com que ele ficasse por quase 2 dias na UTI.

Agora recuperado, o vereador disse que já fez novos exames e que “está tudo bem”.

Aos 48 anos, ele tem recebido tratamento no Hospital do Coração, em Goiânia.

Pastor vivo ou vereador morto

De acordo com Cláudio, a decisão foi tomada internamente no seu grupo político dentro da Igreja Universal do Reino de Deus, da qual também é pastor.

Vereador Cláudio Nascimento falou à reportagem durante visita ao gabinete do secretário de Governo Johnathan Medeiros | Foto: Folha Z
Vereador Cláudio Nascimento falou à reportagem durante visita ao gabinete do secretário de Governo Johnathan Medeiros | Foto: Folha Z

“Eleição é uma coisa muito corrida, muito puxada, e eu não tive uma coisa simples, foi uma parada cardíaca”, afirmou.

Segundo ele, o grupo tem substitutos com capacidade para assumir seu lugar.

Em Aparecida, essa função ficará a cargo do Pastor Marcos Miranda.

Mas Nascimento não pretende se afastar completamente da política. Ele deve apenas assumir tarefas mais administrativas e dedicar-se à igreja.

“Melhor um pastor vivo do que um vereador morto”, brincou.

Confira o áudio das declarações do vereador na manhã desta quinta, 19:

Vereador Cláudio Nascimento tem parada cardíaca após infarto


Quer receber notícias da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade.

É só seguir a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook