“Vou consertar o transporte coletivo”, afirma Iris Rezende

Iris Rezende (PMDB) fala sobre o transporte coletivo ao repórter Guilherme Coelho durante comício na noite de quarta-feira (22)
Iris Rezende (PMDB) fala sobre o transporte coletivo ao repórter Guilherme Coelho durante comício na noite de quarta-feira (22)

Em entrevista ao Folha Z durante comício do candidato a vereador Ormando Pires (PMDB) no Setor Castelo Branco, Iris Rezende afirmou que pretende “consertar o transporte coletivo” de Goiânia.

Cercado de seguidores e admiradores, o candidato a prefeito relembrou suas várias passagens no comando do Executivo municipal e estadual, como é seu costume fazer. “Quando assumi a prefeitura em 2005, logo no primeiro ano abrimos licitação e colocamos em Goiânia, num só dia, 1200 ônibus zero km. Só participavam das licitações com ônibus zero km. Todos os ônibus dotados de dispositivos para cadeirantes e idosos”, disse.

Responsabilizando a gestão petista de Paulo Garcia pelo caos do transporte público na cidade, Rezende afirmou que tudo mudou assim que ele deixou a prefeitura: “Cinco anos sem uma queixa sequer do transporte coletivo de Goiânia atendendo a toda a cidade. Quando eu saí, relaxaram e hoje está nessa situação”.

publicidade

Empresas

Perguntado se teria “peito” para enfrentar as poderosas empresas que exploram o transporte na Região Metropolitana de Goiânia, ele respondeu: “Eu, toda vida, tive atitude para tomar medidas e resolver os problemas. Em 1965, quando fui eleito prefeito, e 1982, quando eleito governador, em 1990, governador novamente, e agora 2005, quando assumi a prefeitura de Goiânia e resolvi”, disse.

LEIA MAIS: Serralheiro morre eletrocutado enquanto trabalhava em Goiânia

Para finalizar, o peemedebista que anunciou e voltou atrás de decisão de se aposentar em 2016 foi direto: “Assumindo a prefeitura, vou consertar o transporte coletivo”.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter