Coronel da reserva Eder Fernandes pode ser candidato em 2020 | Foto: Arquivo Pessoal
Coronel da reserva Eder Fernandes pode ser candidato em 2020 | Foto: Arquivo Pessoal

Chefe da segurança do deputado federal Professor Alcides, o coronel da reserva Éder Fernandes deve lançar candidatura em 2020 em Aparecida de Goiânia.

Segundo fontes ouvidas pela reportagem, a tendência é que ele dispute mandato de vereador por algum dos partidos ligados a Alcides, como PP ou o PMB.

Porém, ainda se cogita a possibilidade de que Éder seja o nome indicado para representar o grupo do deputado como vice na possível chapa de reeleição de Gustavo Mendanha (MDB).

O vereador André Fortaleza (PRTB), no entanto, segue à frente na disputa pela indicação.

Na vida pessoal

Natural de Pires do Rio, Éder é pastor na Igreja de Cristo do Papillon Park.

Ele se casou em 1993 com uma aparecidense e teve 3 filhos, todos criados em Aparecida.

Bacharel em direito, Éder também é pós-graduado em Segurança Pública e Gestão Pública e professor universitário na área.

Coronel Éder é chefe da segurança do deputado federal Professor Alcides | Foto: Arquivo Pessoal
Coronel Éder é chefe da segurança do deputado federal Professor Alcides | Foto: Arquivo Pessoal

Na política

Foi em 1998 que o hoje coronel da reserva teve seus primeiros contatos com a política, na campanha do ex-prefeito Norberto Teixeira a deputado federal.

Na época ainda tenente da PM, ele comandou toda a segurança da campanha.

Depois, participou ao lado de Gustavo Mendanha da disputa pela Prefeitura de Aparecida e acabou se tornando secretário de Mobilidade e Defesa Social do prefeito eleito.

Ele também participou da campanha a prefeito de Gustavo Mendanha, de quem foi secretário | Foto: Arquivo Pessoal
Ele também participou da campanha a prefeito de Gustavo Mendanha, de quem foi secretário | Foto: Arquivo Pessoal

Já em 2018, atuou na campanha do Professor Alcides à Câmara dos Deputados e, desde então, dedica-se unicamente à assessoria do deputado.

Na polícia

Na Polícia Militar, Éder trabalhou por mais de 20 anos em Aparecida de Goiânia.

Ele foi diretor de presídios do complexo prisional e comandou companhias e batalhões na cidade.

Após ajudar a construir a atual sede do Batalhão do Giro no setor Pedro Ludovico, na capital, dedicou os últimos anos da carreira policial na Superintendência de Inteligência da Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Éder trabalhou por mais de 20 anos em Aparecida de Goiânia | Foto: Arquivo Pessoal
Éder trabalhou por mais de 20 anos em Aparecida de Goiânia | Foto: Arquivo Pessoal

Presidente da Juventude do MDB de Aparecida estuda candidatura


Quer receber notícias da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade.

É só seguir a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook