Zé Eliton pode ser punido por erros do seu antecessor ao entregar o cargo

Governo de Goiás enfrenta uma das maiores crises fiscais da história

Governador de Goiás José Eliton (PSDB) | Foto: Reprodução
Governador de Goiás José Eliton (PSDB) | Foto: Reprodução

EDITORIAL

Antes de entregar o governo, o ex-governador Marconi Perillo garantia que Goiás era uma dos únicos Estados brasileiros que podiam afirmar ter saúde financeira.

Zé Eliton assumiu e, até antes das eleições, tentou esconder a dura realidade da crise financeira goiana.

Pontos que mostravam a grave crise fiscal no Estado foram denunciados, inclusive pelo Folha Z.

Ruf Medicina 300 x 250

Segundo denúncia do jornal, viaturas da Polícia Militar foram orientadas a diminuir a rodagem e permanecer em locais estratégicos.

Isso porque havia falta de combustíveis. Uma viatura chegou a ter uma pane seca no Jardim Europa.

View this post on Instagram

⚠ Crise: Viatura da PM fica sem combustível no meio da rua em Goiânia .⠀ Após matéria exclusiva do Folha Z 📲 que divulgou a falta de combustível em viaturas da Polícia Militar em Goiânia, leitores encaminharam um vídeo em que um veículo da corporação apresenta uma pane seca no meio da via. .⠀ As imagens, gravadas na última terça-feira, 28, no Jardim Europa, mostram uma viatura da PM parada e sendo reabastecida por meio de um galão. .⠀ Além do vídeo, a reportagem também recebeu ligação de três policiais militares sobre o tema. .⠀ Eles, que preferiram não se identificar, corroboraram a denúncia e acrescentaram que a situação se repete no interior. .⠀ Além disso, a reportagem ouviu vários policiais de diferentes batalhões da cidade. .⠀ Eles confirmaram o problema e ainda afirmaram que receberam a ordem de manter a circulação no mínimo possível para economizar combustível. .⠀ Ao Folha Z, o assessor da PM tenente-coronel Pascoal afirmou que o fato registrado em vídeo não passou de um “caso isolado”. .⠀ “Eu acredito que o policial pensou que dava para chega até o posto de gasolina, mas não deu”, disse o assessor. .⠀ Ele ainda reiterou a posição oficial da corporação de que não existe problema no abastecimento de nenhuma viatura da PM em Goiânia.

A post shared by Jornal Folha Z (@folhaz) on

Hospitais importantes do Estado, como o Hugo, em Goiânia, e o Hutrin, em Trindade, tiveram suas atividades prejudicadas por falta de repasses do Governo do Estado para as OSs.

As instituições de Ensino Superior também ficaram sem os repasses das bolsas da OVG.

E as tornozeleiras eletrônicas de condenados quase foram desativadas por dívidas com a empresa prestadora do serviço.

Além disso, o governo não apresenta condições de pagar o salário dos funcionários em dia.

Crise fiscal

Com essa grave crise fiscal, Goiás tornou-se o quarto Estado do país em situação mais crítica em termos de receita e despesa.

Isto é o que analisa um dos maiores especialistas brasileiros em contas públicas Raul Velloso.

Segundo ele, o governo de Zé Eliton não tem recursos para cumprir com os compromissos assumidos.

Para Velloso, é uma conjuntura gravíssima pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

E, caso o governo não cumpra a legislação, os responsáveis podem ser punidos com a perda da elegibilidade ou até mesmo prisão de um a quatro anos.

Economista PhD pela Universidade Yale Raul Velloso | Foto: Reprodução
Economista PhD pela Universidade Yale Raul Velloso | Foto: Reprodução

Falta dinheiro

Segundo o analista, obras em andamento e vários programas da atual gestão estão com suas continuidades ameaçadas.

A falta de dinheiro nos cofres públicos impede a transferência de verba.

Confira no gráfico a seguir o elevado comprometimento das receitas correntes de Goiás:

Em destaque está a barra de comprometimento das receitas correntes de Goiás | Foto: divulgação
Em destaque está a barra de comprometimento das receitas correntes de Goiás | Foto: divulgação

Com o término das eleições, e o fim do segredo de que até os servidores não estão recebendo em dia, há a preocupação da equipe de transição do governador eleito Ronaldo Caiado de que uma dívida bilionária ficará como herança.

LEIA MAIS | Marconi Perillo: em Goiânia a queda foi maior (Veja os números)


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)