Daniel Vilela pode perder mandato após doação de R$500 mil de empresa de Aparecida de Goiânia

Deputado Daniel Vilela (PMDB)
Deputado Daniel Vilela (PMDB)

Eleito como segundo deputado federal mais bem votado na última eleição, o peemedebista Daniel Vilela trava uma disputa com o Ministério Público Federal (MPF), que pediu à Justiça Eleitoral a cassação do seu mandato.

Doação de R$500 mil

O Ministério Público Federal alega irregularidades na prestação de contas da campanha de Daniel Vilela, que recebeu uma doação de R$500 mil de uma empresa que coleta lixo em Aparecida de Goiânia.

Não seria nenhum problema se a empresa não tivesse contrato com a prefeitura da cidade, governada por Maguito Vilela (PMDB), pai do deputado eleito.

De acordo com o MPF, os candidatos estão proibidos de receber doações de empresas concessionárias ou permissionárias de serviços públicos.

Daniel Vilela alega que a empresa não é permissionária, muito menos concessionária, mas apenas uma simples contratada.

Comentários do Facebook