Delúbio Soares, Carlinhos Cachoeira e Juquinha estão entre os goianos podem ser beneficiados pela decisão do STF | Foto: Reprodução
Delúbio Soares, Carlinhos Cachoeira e Juquinha estão entre os goianos podem ser beneficiados pela decisão do STF | Foto: Reprodução

Segundo o Tribunal de Justiça de Goiás, 170 réus no Estado podem ser beneficiados pela decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) contra a prisão em 2ª instância.

Entre eles estão goianos envolvidos em escândalos de corrupção.

De acordo com levantamento da colunista Fabiana Pulcineli, tratam-se Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, Delúbio Soares e José Francisco das Neves, o Juquinha.

Delúbio

A publicação aponta que o advogado de Delúbio, Pedro Paulo de Medeiros, já protocolou o pedido de suspensão da execução da pena.

No semiaberto e usando tornozeleira eletrônica, Delúbio foi condenado no caso do mensalão a 6 anos de prisão.

Cachoeira

Já Cachoeira teve sua condenação a 36 anos de reclusão por formação de quadrilha e corrupção ativa confirmada pelo Tribunal Regional da 1ª Região (TRF-1) em 2019.

Ele só não começou a cumprir a pena porque há um recurso pendente (embargos de declaração).

Antes da decisão do STF, ele poderia ser preso logo após a rejeição desses embargos.

Juquinha

Condenado a 10 anos de prisão por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, Juquinha das Neves também pode ser beneficiado pela decisão.

Ele ainda aguarda julgamento pelo TRF-1, que, caso confirmasse a condenação, poderia resultar no cumprimento imediato da pena.

Juquinha foi alvo da Operação Trem Pagador, que apontou irregularidades na Valec, estatal federal responsável pelas obras da Ferrovia Norte-Sul.

Veja quem foram os 7 presos em investigação de corrupção no Detran-GO


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook