Marconi e Kajuru trocam acusações em meio a acirrada disputa por vagas no Senado | Foto: Montagem
Marconi e Kajuru trocam acusações em meio a acirrada disputa por vagas no Senado | Foto: Montagem

Em entrevista à Rádio Sucesso na manhã desta terça-feira, 18, o candidato a senador Marconi Perillo (PSDB) fez pesadas críticas ao seu adversário Jorge Kajuru.

No microfone, Perillo chegou a dizer que Kajuru é “um demônio vestido de anjo”.

“Ele é o rei da farsa, o rei da tapeação. Ele não é doido nem psicopata como alguns acham. Ele é o rei da malandragem, o pior mau caráter que eu já conheci na vida, o pior canalha, ele é o cara que mente para ele mesmo e acredita na mentira”, afirmou.

“Ele é o rei da malandragem, o pior mau caráter que eu já conheci na vida, o pior canalha”

publicidade

Além disso, o ex-governador também criticou o que considera uma suposta hipocrisia do vereador.

“Ele deu uma entrevista dizendo o seguinte: ‘No dia em que eu for candidato, não acredite mais em mim, porque eu vou ser ladrão, eu vou roubar da população'”, declarou Marconi.

O tucano foi mais longe afirmando que Kajuru é “um malandro que nunca trabalhou na vida”.

View this post on Instagram

'Um demônio vestido de anjo', diz Marconi sobre Kajuru, que revida 🔥 .⠀ Em entrevista à Rádio Sucesso na manhã desta terça-feira, 18, o candidato a senador Marconi Perillo (PSDB) fez pesadas críticas ao seu adversário Jorge Kajuru. .⠀ No microfone, Perillo chegou a dizer que Kajuru é “um demônio vestido de anjo”. .⠀ “Ele é o rei da farsa, o rei da tapeação. Ele não é doido nem psicopata como alguns acham. Ele é o rei da malandragem, o pior mau caráter que eu já conheci na vida, o pior canalha, ele é o cara que mente para ele mesmo e acredita na mentira”, afirmou. .⠀ Em resposta Jorge Kajuru, afirmou que trabalha desde os dez anos de idade e rebateu as acusações. .⠀ “Ele mente até que é advogado”, escreveu, em referência a um problema apontado pelo TSE no registro da candidatura do ex-governador. .⠀ "[…] não existe nenhum malandro igual a ele, e eu, Kajuru, me orgulho (diferente de Marconi) de nunca ter aparecido no Jornal Nacional envolvido em corrupção", disse. .⠀ Mais informações no 📲 folhaz.com .⠀ #eleicoes2018 #goias #marconi #kajuru #corridaeleitoral

A post shared by Jornal Folha Z (@folhaz) on

Resposta

Em resposta Jorge Kajuru, afirmou que trabalha desde os dez anos de idade e rebateu as acusações.

“Ele mente até que é advogado”, escreveu, em referência a um problema apontado pelo TSE no registro da candidatura do ex-governador.

“Não existe nenhum malandro igual a ele, e eu, Kajuru, me orgulho (diferente de Marconi) de nunca ter aparecido no Jornal Nacional envolvido em corrupção”

Confira a íntegra da nota:

“O Marconi Perillo acabou de me dar um atestado de idoneidade aos 57 anos.

Atacado da forma soez como fui, atingi a glória. O Brasil inteiro sabe que trabalho desde dez anos de idade, com uma diferença para Marconi Perillo, que só trabalha para roubar e enriquecer com o dinheiro do povo.

Ele mente até que é advogado. Portanto, não existe nenhum malandro igual a ele, e eu, Kajuru, me orgulho (diferente de Marconi) de nunca ter aparecido no Jornal Nacional envolvido em corrupção.

Para terminar, digo que demônio travestido de anjo, somente Deus, na hora do julgamento final, que vai ser dia 7 de outubro nas urnas, mostrará quem é o demônio de fato, capaz de caçar uma rádio e violentar uma família e ainda, de ser suspeito de ter assassinado o Cabo Capinã (conforme investigação da Justiça).

Assinado: Jorge Kajuru, desespero de perdedor leva a esse baixo nível.”

LEIA MAIS: Após reunião secreta, apoiadores de Iris são liberados para apoiar Caiado


Quer receber notícias dos bastidores da política?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos do Estado de Goiás.

Mande uma mensagem para o Whatsapp do Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais do Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Goiás”.