Eduardo Suplicy recebe spray de pimenta no rosto durante manifestação

Eduardo Suplicy recebe spray de pimenta em manifestação| Foto: Paulo Pinto/Divulgação Facebook
Eduardo Suplicy recebe spray de pimenta em manifestação| Foto: Paulo Pinto/Divulgação Facebook

A Polícia Militar (PM) de São Paulo jogou spray de pimenta em manifestantes na Avenida Paulista, na tarde deste domingo, 18, que atingiu o ex-senador e candidato a vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy (PT). O protesto é contra o Governo Temer.

Segundo a apuração do Folha Z, a briga começou quando policiais tentaram arrancar à força mercadorias de uma vendedora ambulante durante o ato. Alguns manifestantes intercederam em favor do trabalhadora, e foram prontamente repelidos pelos militares.

Suplicy discursava do alto de um carro de som quando avistou o tumulto. Assim que desceu do palco e se aproximou do grupo, foi empurrado por um dos policiais. Após o ato, um PM desferiu golpes de cassetete contra ativistas, que reagiram atirando objetos contra os soldados.

publicidade

LEIA MAIS: Quem jogar lixo na rua em Goiânia será multado segundo projeto aprovado

Quando os policiais começaram a carregar o isopor do ambulante, Eduardo tentou intervir novamente e recebeu um tapa no braço. Em seguida, um policial militar disparou um jato de spray de pimenta em seu rosto.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter