Ronaldo Caiado, Glaustin da Fokus, Wilder Morais e Sandro Mabel | Foto: Reprodução
Ronaldo Caiado, Glaustin da Fokus, Wilder Morais e Sandro Mabel | Foto: Reprodução

O embate entre o governador Ronaldo Caiado (DEM) e o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, continua repercutindo no meio político goiano.

Na 6ª feira (7), Caiado chamou Mabel de “mercenário, canalha e desumano”.

O ataque foi uma resposta a uma nota oficial em que o presidente da Fieg critica o uso da base militar de Anápolis para a quarentena do coronavírus.

Agora, Mabel afirmou que pretende promover um processo por danos morais contra o governador devido aos xingamentos.

Além disso, fontes ligadas ao empresário apontam que é cada vez mais remota a possibilidade de que ele apoie um candidato de Caiado à Prefeitura de Aparecida de Goiânia.

Glaustin

O afetado, nesse caso, seria o deputado federal Glaustin da Fokus (PSC).

Um dos maiores apoiadores da sua pré-candidatura à Câmara, ainda em 2018, foi justamente Sandro Mabel.

Porém, a expectativa é de que o apoio não se repetiria caso Glaustin lançasse seu nome na disputa contra Gustavo Mendanha (MDB) em 2020.

Do outro lado dese cabo de guerra, Caiado também dá indícios de que não faz concessões quando se trata de adversários políticos.

Dessa maneira, a ligação entre os empresários Glaustin e Mabel deve fazer com que o governador opte por outro nome, caso decida lançar um aliado em Aparecida.

O articulador de Ronaldo Caiado em Aparecida


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida? NOSSO NÚMERO MUDOU!

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Mande uma mensagem para o Whatsapp da Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Aparecida”.

Comentários do Facebook