Pesquisas de intenção em Aparecida não são incluídas em reuniões governistas | Foto: Reprodução
Pesquisas de intenção em Aparecida não são incluídas em reuniões governistas | Foto: Reprodução

Em reunião com lideranças dos partidos da base nas últimas semanas, o governador Ronaldo Caiado (DEM) apresentou pesquisas eleitorais realizadas em 24 municípios goianos.

A ideia é usar os levantamentos para resolver as disputas nas cidades em que há mais de 1 pré-candidato ligado ao grupo governista: quem aparece melhor nas pesquisas, recebe a “unção” do governador.

No entanto, alguns municípios da Região Metropolitana, onde existe intensa fragmentação da base, não foram incluídos nessa apresentação.

Segundo interlocutores ouvidos pela reportagem, o governador não tratou sobre intenções de voto relativas a Aparecida, Goiânia e Trindade.

Depois do episódio, nos bastidores, ganhou força a informação de que as pesquisas feitas em Aparecida de Goiânia foram omitidas por um motivo peculiar.

É que, na cidade, especula-se que os possíveis candidatos do governador, somados, não atingem 4% do eleitorado, segundo pesquisas de consumo interno.

“Mais 1 sinal do enfraquecimento da oposição em Aparecida”, comentou à reportagem uma fonte ligada a um dos pré-candidatos aparecidenses.

Nas próximas semanas, o governador continuará os encontros semanais para tratar das pré-candidaturas de aliados em cidades estratégias de Goiás.

LEIA MAIS 👉 Marconi volta a sonhar com o poder


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida? NOSSO NÚMERO MUDOU!

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Basta clicar aqui para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

Comentários do Facebook