Estado vai dobrar verba de todas as cidades que exterminarem Aedes aegypti

Mosquito é transmissor de dengue, zika e chikungunya (Foto: Reprodução)
Mosquito é transmissor de dengue, zika e chikungunya (Foto: Reprodução)

De acordo com anúncio do secretário estadual de Saúde Leonardo Vilela na manhã desta quarta-feira (13), o Estado vai dobrar a verba repassada para todos os municípios que acabarem com os focos do Aedes aegypti.

O comunicado foi feito a prefeitos e secretários de Saúde de 104 municípios, na Secretaria Estadual de Saúde (SES), durante encontro para programar força-tarefa no combate ao mosquito.

A Secretaria repassa mensalmente R$ 15 milhões que são distribuídos proporcionalmente entre as 246 cidades do Estado. Esse dinheiro é destinado para ações como combate ao Aedes, realização de consultas e procedimentos básicos (vacinação, pré-natal, acompanhamento pediátrico etc.).

Compromisso

De acordo com Vilela, o governador Marconi Perillo (PSDB) fez o compromisso de cumprir o prometido mesmo que vários municípios atinjam a meta. Para o secretário, a economia com tratamento de doentes deixará muitos recursos disponíveis para os repasses.

LEIA MAIS: Nasce mais um bebê com microcefalia em Goiânia

“Se tiver que pagar R$ 30 milhões, vou soltar foguete. Isso vai ser inédito e R$ 15 milhões a mais é pouco em comparação com o que a gente gasta e vai gastar com os doentes”, disse ao “Popular”, ressaltando que uma criança com microcefalia é um exemplo de gastos enormes para o Estado.

Comentários do Facebook