Prefeitura de Goiânia começa a fiscalização do uso de máscaras | Foto: Divulgação
Prefeitura de Goiânia começa a fiscalização do uso de máscaras | Foto: Divulgação

Agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) começaram na manhã desta 4ª feira (24) a ação de fiscalização e conscientização sobre o uso das máscaras de proteção durante a pandemia do coronavírus.

A medida tornou-se obrigatória em Goiânia por meio de decreto do prefeito Iris Rezende (MDB), que estabeleceu multa de R$ 627 para quem estiver em locais públicos ou até mesmo dentro carro sem máscara.

As equipes de fiscalização estiveram no Parque Flamboyant, região sul da capital, e abordaram frequentadores, avisando-os da nova medida obrigatória.

De acordo com o comandante da GCM, Wellington Paranhos, o trabalho dos guardas será de conscientização da população sobre a importância do uso do equipamento e do distanciamento social.

“Se todo mundo fizer a sua parte, mais atividades serão flexibilizadas, assim, em breve tudo voltará ao normal”, afirmou.

Multa

Segundo a Vigilância Sanitária, a multa será aplicada assim que os agentes encaminharem o pedido ao órgão.

As penalidades começarão a ser aplicadas nos próximos dias, após um breve período de adaptação à nova regra.

A exigência é por tempo indeterminado, enquanto vigorar o estado de emergência no município, previsto no Decreto n° 736, de 13 de março de 2020.

Aparecida entra em risco amarelo e terá lockdown aos domingos


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook