Ao vivo, Glaustin é barrado por seguranças de Bolsonaro e reclama

'Vocês estão ficando sem ideia?', protestou o deputado federal de Aparecida, que transmitia o evento ao vivo em seu Instagram

O deputado federal Glaustin da Fokus (PSC) foi barrado por seguranças do presidente Jair Bolsonaro (PSL) no Palácio das Esmeraldas.

Registrado em vídeo, o caso ocorreu na manhã desta sexta-feira, 31.

Glaustin fazia uma transmissão ao vivo em seu Instragram quando o momento constrangedor ocorreu.

Nas imagens, é possível ver o deputado dizendo que queria um “bom dia” da primeira-dama Gracinha Caiado.

Ao tentar passar pelos seguranças que barravam as proximidades do presidente, Glaustin é avisado que precisaria de autorização para passar.

“Mesmo para deputado federal, é isso? Vocês estão ficando sem ideia?”, retrucou o parlamentar, ao que foi respondido que deveria aguardar até que o presidente fosse consultado.

Depois de momentos insistência, a passagem do deputado foi autorizada.

“Deputado federal não vale nada, não! Fica em paz”, reclamou Glaustin ao fim do ocorrido.

Ao portal Dia Online, Glaustin admitiu “estar errado” na situação registrada e disse que tudo foi resolvido depois.

Bolsonaro

Bolsonaro esteve em Goiânia na manhã desta sexta para evento na Igreja Assembleia de Deus no bairro Campinas.

Ele foi recebido pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) e pelo prefeito de Goiânia Iris Rezende (MDB).

Depois de passar pelo Palácio das Esmeraldas, ele ainda foi flagrado almoçando na churrascaria de um posto de combustíveis de Anápolis.

Presidente do PSDB fala de Mendanha e dos rumos do partido em 2020


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Mande uma mensagem para o Whatsapp do Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais do Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Aparecida”.

Comentários do Facebook