Goiânia deveria copiar Aparecida no combate à covid-19, diz Marcelo Baiocchi

Na opinião do presidente da Fecomércio, ter somente o isolamento social é um modelo "simplista" para lidar com a pandemia: "É igual tentar acabar com o carrapato matando a vaca"

Presidente da Federação do Comércio de Goiás (Fecomércio-GO), Marcelo Baiocchi | Foto: Reprodução/Facebook
Presidente da Federação do Comércio de Goiás (Fecomércio-GO), Marcelo Baiocchi | Foto: Reprodução/Facebook

Para o presidente da Federação do Comércio de Goiás (Fecomércio-GO), Marcelo Baiocchi, Goiânia deveria copiar o modelo proposto por Aparecida para o combate à covid-19.

Baiocchi defendeu o escalonamento setorial do comércio aparecidense durante live com prefeito Gustavo Mendanha e o secretário de Saúde Alessandro Magalhães na manhã de 2ª feira (8).

“Os outros municípios, inclusive Goiânia, deveriam copiar a proposta que Aparecida tem executado, que é inteligente, com dados e informações”, afirmou.

Na opinião do presidente da Fecomércio, ter somente o isolamento social é um modelo “simplista” para lidar com a pandemia: “É igual tentar acabar com o carrapato matando a vaca”.

“Como não temos vacina ainda, precisamos aprender a viver com o vírus. E em Aparecida temos as regras claras”, declarou.

Baiocchi também elogiou a reabertura dos shoppings na cidade, que, na sua análise, distribuirá a movimentação das pessoas, diminuindo as aglomerações nos comércios de rua da cidade.

“A Federação do Comércio faz um apelo aos comerciantes de Aparecida e do Estado para que cumpram as regras de saúde”, finalizou.

Confira as falas de Baiocchi a partir de 27 min:

Hugo Goldfeld deve assumir a Codego após contrato polêmico


Quer receber notícias da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade.

É só seguir a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook