Presidente da Goinfra, Pedro Sales estuda iniciar em 2020 processo de reestruturação do presídio de Aparecida | Foto: Reprodução
Presidente da Goinfra, Pedro Sales estuda iniciar em 2020 processo de reestruturação do presídio de Aparecida | Foto: Reprodução

Presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), Pedro Sales estuda iniciar ainda em 2020 um processo de reestruturação do presídio de Aparecida.

No Complexo Prisional, estão situados a Casa de Prisão Provisória (CPP), a Colônia Agrícola do Regime Semiaberto, o Núcleo de Custódia, a Penitenciária Coronel Odenir Guimarães (POG) e a Penitenciária Feminina.

As informações são do colunista Rubens Salomão.

O objetivo, segundo levantamento inicial, é de aumentar em 60% a atual capacidade da penitenciária.

Assim, o 1º passo seria aproximar o semiaberto à CPP.

Pareceria

De acordo com Pedro Sales, já havia um acordo para que essa estrutura fosse construída por uma empresa local.

Porém, devido à demora na execução dessa parceria, a Goinfra pode intervir e executar o serviço.

“Essa obra que é um anseio muito grande da comunidade de Aparecida”, disse Sales à publicação.

Aparecida terá 4 eixos viários e 2 novas pontes que ligarão bairros


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook