Governador Ronaldo Caiado em entrevista à Globo News na tarde desta 2ª feira (11) | Foto: Reprodução
Governador Ronaldo Caiado em entrevista à Globo News na tarde desta 2ª feira (11) | Foto: Reprodução

“Fizemos o primeiro isolamento e colhemos os resultados. Agora, vamos fazer um segundo isolamento. Se necessário, vamos fazer um terceiro. E assim sucessivamente.”

Essa fala foi do governador Ronaldo Caiado, em entrevista à Globo News na tarde desta 2ª feira (11).

Segundo ele, serão adotadas novas medidas de combate à Covid-19 no Estado, mais duras, de acordo com os índices de cada município e região.

A estratégia é flexibilizar a quarentena de tempos em tempos e enrijecê-la novamente conforme as taxas de contaminação subam outra vez.

“É impossível fazer um bloqueio de 60, 70% durante 3 meses”, afirmou o governador.

Bolsonaro

Questionado por jornalistas se a queda do índice de isolamento em Goiás teve relação com a postura do presidente Jair Bolsonaro, Caiado disse que sim.

“Quando tem sinal trocado, é lógico que isso cria duas vertentes. Não nego isso. Esse sinal interfere, sim, nunca neguei. Independentemente disso, vamos fazer os decretos prevalecerem em Goiás”, pontuou.

Caiado estuda fechar comércio novamente nos próximos dias


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook