Governador confirma em vídeo que quer apoiar Iris Rezende

Governador-apoio-iris
Governador declara apoio do PDSB com Iris |Foto: Reprodução Lailson Damasio

O governador Marconi Perillo (PSDB) fez uma declaração história e surpreendente na manhã desta quinta-feira, 04. Ele confirmou publicamente o interesse do PSDB em apoiar Iris Rezende (PMDB) em sua suposta campanha à prefeitura de Goiânia.

Durante a inauguração da ampliação da Carta Goiás, Perillo conversou brevemente com a imprensa local sobre o assunto. “Meu partido está conversando nesse momento com vários pré-candidatos, estamos fazendo articulações intensas e eu não descarto essa possibilidade (de apoiar Iris)”, destacou.

Nas imagens, Marconi pontuou que “se o Iris Rezende for candidato, se ele realmente quiser um entendimento conosco, esse entendimento será feito”. Veja no vídeo abaixo.

publicidade

Descontente

Quem não está gostando dessa ideia é o senador Ronaldo Caiado (DEM). Em suas redes sociais, o parlamentar publicou que “o que mais motivou Iris a aceitar rever sua candidatura foi o fato do PMDB acenar com a possibilidade real de apoiar um candidato da base”.

Para ilustrar a sua opinião, Ronaldo fez uma comparação para indicar a dúvida entre o acordo dos peemedebistas e tucanos. “A possibilidade de Marconi colocar vice do PSDB na chapa de Iris para Prefeitura de Goiânia é a mesma do PT um dia indicar um vice meu: zero”.

LEIA MAIS: Delegado Waldir é o novo Iris do Cerrado, analisa jornalista

“Conchavo político”

O presidente do PMDB em Goiás, deputado federal Daniel Vilela (PMDB) foi o outro político a discordar dessa suposta aliança. Ele se manifestou pelo Twitter. “É inadmissível o PMDB em Goiânia deixar uma candidatura a prefeito ser conduzida pelo seu algoz. Não precisamos disto para ganhar eleição”, escreveu.

O colega do Iris afirmou que não apoia esse “conchavo político” entre o PMDB e o PSDB. “Comenta-se que setores do PMDB estão costurando com o governador Marconi um acordo em Goiânia. O diretório estadual não apoia tal aliança! Não compactuamos com conchavo político com o governador e quem está articulando isto deve explicações ao PMDB e aos eleitores”, disse o deputado.

O deputado finalizou a sua indignação dizendo que, “se isto ocorrer, vai demonstrar que os que juram amor ao PMDB e se dizem oposição aderiram à prática atrasada da conveniência política”.

Análise do Folha Z

Sem muito espaço no PMDB no início da sua carreira, o jovem Marconi Perillo sempre quis ser governador de Goiás. Depois de romper com o PMDB, Perillo, disputava as eleições com o veterano Iris Rezende Machado há 18 anos. Se ancorando no discurso do “Tempo Novo”, Marconi tinha o objetivo de implantar no Estado uma nova gestão de governo. E, para reforçar essa tese, o tucano sempre criticou a forma arcaica do rival.

Anos se passaram e surgiram novos desafios e pessoas no caminho de Iris e Marconi. Essa suposta aliança veio a fim de ambos se fortaleceram e que Marconi cresça ainda mais para que um dia entre na disputa presidencial. Agora é esperar para ver aonde isso vai parar.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter