Governo de Goiás atrasa salários e faz novo cronograma até dia 22

Policiais militares e professores procuraram o Folha Z e reclamaram do atraso

Governador de Goiás José Eliton (PSDB) | Foto: Reprodução
Governador de Goiás José Eliton (PSDB) | Foto: Reprodução

Servidores do Estado de Goiás reclamam de atraso no pagamento dos salários de outubro.

Vários servidores entraram em contato com o Folha Z para relatar a ausência do depósito, que deveria ter sido feito até o décimo dia do mês.

A maior quantidade de reclamações partiu de policiais militares.

Mas funcionários da Educação, em especial da Universidade Estadual de Goiás (UEG), também lamentaram o atraso.

Unifan Bolsas de até 70% – 300×250

A situação no final do mandato do governador José Eliton (PSDB) vai na contramão da propaganda oficial do Estado, que anunciava um cenário positivo até o início deste semestre.

Mas não é essa a opinião do governador eleito Ronaldo Caiado (DEM).

Após reunião com o procurador do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO), Fernando Carneiro, Caiado afirmou que o atual governo tentou “mascarar” situação financeira do Estado.

Cronograma

Por meio de nota, o Governo de Goiás afirmou que os servidores com salários de até R$ 3,5 mil líquidos receberam em 31 de outubro.

Na próxima terça, feira, 13, serão creditados os pagamentos da folha da Policia Militar, do Gabinete Militar, da Goiasprev, Ipasgo, Detran, Juceg e Funcam.

Confira o cronograma de pagamento do Estado de Goiás: 

  • 13/11 – GoiasPrev, Ipasgo, Detran, Juceg, Funcam, PM e Gabinete Militar
  • 14/11 – Corpo de Bombeiros
  • 19/11 – Secretaria de Segurança Pública
  • 20/11 – Segplan, UEG
  • 21/11 – Polícia Civil, Agrodefesa, Secretaria Cidadã
  • 22/11 – Demais órgãos do Executivo

LEIA MAIS: Denúncia sobre funcionária fantasma é pichada na Câmara de Aparecida


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)