Pesquisa Grupom põe Marconi em 4º na disputa pelo Senado após Cash Delivery | Foto: Edilson Rodrigues / Agência Senado
Pesquisa Grupom põe Marconi em 4º na disputa pelo Senado após Cash Delivery | Foto: Edilson Rodrigues / Agência Senado

Pesquisa Grupom divulgada nesta terça-feira, 2, no site do próprio Instituto, aponta que Marconi Perillo (PSDB) caiu e é agora o 4º nas intenções de voto para o Senado em Goiás.

De acordo com o levantamento, o vereador Jorge Kajuru (PRP) lidera a disputa e o ex-prefeito de Senador Canedo Vanderlan Cardoso (PP) é o segundo.

Confira os números:

Grupom aponta intenção de voto para o Senado em Goiás nesta terça, 2
Grupom aponta intenção de voto para o Senado em Goiás nesta terça, 2

LEIA MAIS: 9 candidatos sem mandato que podem surpreender nas urnas em Goiás

Unifan Bolsas de até 70% – 300×250

Essa foi a quinta rodada da pesquisa Grupom. Nela, Kajuru cresceu 3,3 pontos e Vanderlan ganhou 2,7.

Já Lúcia caiu 1,4 pontos e Marconi, por sua vez, despencou 6,5 pontos percentuais.

A apuração foi feita entre os dias 27 e 30 de setembro e, assim, registrou os primeiros efeitos da Operação Cash Delivery.

Na ação, deflagrada pela Polícia Federal, buscas foram realizadas em endereços do ex-governador e o coordenador da campanha de José Eliton (PSDB), Jayme Rincón, preso no dia 28.

Rejeição

Todavia, em relação à rejeição, Marconi é o líder.

Dos 44% que ele apresentava na última pesquisa Grupom, ele passou para 50,4%. Um crescimento de 6,4 pontos percentuais.

Lúcia Vânia melhorou, baixando sua impopularidade para 24,6%.

Kajuru, que tinha 24% de rejeição, agora tem 23,8%.

Por fim, Vanderlan Cardoso reduziu o índice de 20,6% para 19%.

Governo de Goiás

A pesquisa também apontou que o senador Ronaldo Caiado (DEM) segue à frente na disputa pelo Governo de Goiás, com 42%.

O governador José Eliton (PSDB) tem 12,8% e o deputado Daniel Vilela (MDB), 12,3%.

LEIA MAIS: Nessas eleições, Zé Eliton vai entrar para a história de Goiás. Veja como


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)