'Não sou preconceituoso': vereador João Santana rebate áudio divulgados nas redes nesta 6ª feira (17) | Foto: Reprodução
'Não sou preconceituoso': vereador João Santana rebate áudio divulgados nas redes na 6ª feira (17) | Foto: Reprodução

Um áudio compartilhado nas redes sociais atribui ao vereador João Santana (Republicanos) falas supostamente racistas e discriminatórias contra minorias religiosas.

Na mensagem, que ganhou alcance nesta 6ª feira (17), Santana teria se referido a negros adeptos de religiões de matriz africana como “pretos macumbeiros” e ainda teria afirmado que não se “misturaria” com eles.

À reportagem, o vereador atribuiu os compartilhamentos a uma campanha de difamação promovida por algum adversário político.

“Não me lembro dessa fala. Supondo que eu tenha falado isso, foi em uma situação alheia, em outro contexto”, afirmou.

Para o vereador, que também é pastor evangélico, a montagem do áudio com sua foto configura “perseguição política maldosa e covarde” nesse início de pré-campanha.

“Tenho trabalhado muito dentro das comunidades de Aparecida, onde tem pessoas de todos os credos, raças e religiões. E, embora eu seja pastor da Assembleia de Deus, não sou um homem nenhum pouco preconceituoso”, afirmou.

Além disso, o vereador pontuou que se considera um homem negro, de maneira que, na sua opinião, não poderia ser propagador de discursos racistas.

“Tenho amigos espíritas e padres católicos, com quem convivo sempre. E até mesmo adeptos de religiões afro-brasileiras cheguei a conviver quando frequentei rodas de capoeira”, afirmou.

LEIA MAIS SOBRE A POLÍTICA DE APARECIDA 👉 Para Veter, oposição enfrenta dificuldade até para apresentar nomes


Quer receber notícias da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade.

É só seguir a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook