Lula afirma que pobres vão comer arroz sem carne

Lula
Lula falou sobre os programas sociais do governo federal

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu uma entrevista ao jornal espanhol “El País” e, entre as declarações, afirmou que a população que se beneficiou dos programas sociais para sair da pobreza extrema não deve se preocupar em retroceder.

Porém, terão que fazer alguns sacrifícios. “Em vez de comer carne todos os dias, pois um dia vão comer arroz, por assim dizer. Isso é passageiro”, afirmou Lula. “Quando cheguei ao poder, tinha medo de terminar como [o ex-presidente polonês] Lech Walesa. Eu dizia a meus companheiros: não posso falhar, porque, se falhar, jamais outro trabalhador será presidente”, revelou na entrevista.

Eleições e impeachment

Como em ocasiões anteriores, ele desconversou quando perguntado se seria candidato em 2018. “Gostaria que fosse outro. Mas, se tenho que me apresentar para evitar que alguém acabe com a inclusão social conseguida nesses anos, farei isso”.

Outro ponto abordado pelo jornal foi o pedido de impeachment da presidente Dilma, o qual Lula disse que “não tem nenhuma base legal ou jurídica”. “O que a presidente fez foi o que todos os presidentes fazem alguma vez: financiar projetos sociais e pagar depois mediante o Estado”, analisou o petista.

Comentários do Facebook