Marconi assina determinação que facilita trabalho de agentes contra Aedes Aegypti

Marconi aproveitou a momento para assinar, também, um decreto que instituiu o Comitê Estadual de Mobilização Social contra o Aedes Aegypti
Marconi aproveitou a momento para assinar, também, um decreto que instituiu o Comitê Estadual de Mobilização Social contra o Aedes Aegypti

A Secretária Estadual de Saúde recebeu uma determinação assinada pelo governador Marconi Perillo (PDSB) para tomar atitudes para combater e erradicar o Aedes Aegypti no Estado. A determinação, criada no mês passado, tem como objetivo, dentre outras coisas, dar autonomia a bombeiros, policiais e agentes de saúde, quando os proprietários do imóvel dificultar a visita.

Durante a assinatura, que aconteceu no Centro de Convenções de Goiânia, Leonardo Vilela, secretário estadual de Saúde, mostrou o que foi feito de dezembro para cá. Conforme o balanço, 1,1 milhão dos 3 milhões e 120 mil imóveis das 246 cidades de Goiás foram visitadas. Nestes, 25.479 focos do mosquito foram encontrados e eliminados. O Aedes é responsável por transmitir dengue, chikungunya, zika e até febre amarela.

Empecilhos

Dos locais visitados, 206.020 estavam fechados. E ainda, em 1969 domicílios, os agentes foram impedidos de entrar. De acordo com o balanço, 60% dos imóveis fechados possuem focos do aedes. Conforme o governador, para que se consiga acabar com esse mosquito é preciso adotar esta medida que facilita a entrada dos agentes, policiais e bombeiros nos imóveis.

“Goiás está fazendo um excelente trabalho, graças ao envolvimento e à união de todos nós. Um trabalho sem cor ideológica, partidária. Nosso trabalho impressionou muito o ministro da Saúde, Marcelo Castro. E em um ato corajoso e honesto, quando reconheceu que o Brasil está perdendo a guerra para a dengue, ele também reconheceu o esforço de Goiás como um Estado que precisa ser seguido, especialmente em relação a esse acompanhamento que estamos fazendo através do Conecta SUS, com atualização de dados em tempo real”, disse o tucano ao jornal Diário de Aparecida.

Marconi aproveitou a momento para assinar, também, um decreto que instituiu o Comitê Estadual de Mobilização Social contra o Aedes aegypti. O intuito é avaliar as ações de combate ao mosquito, além de acompanhá-las. E, ainda, motivar os municípios a criarem comitês. Outra ordem de serviço assinada pelo governador deu início as atividades da Patrulha Mecanizada de Desenvolvimento Regional Suporte e Auxílio de Combate à Dengue.

Comentários do Facebook