Altair Tavares, do Diário de Goiás, prefeito Gustavo Mendanha e o secretário executivo de Comunicação, Ozeias Laurentino | Foto: Folha Z
Altair Tavares, do Diário de Goiás, prefeito Gustavo Mendanha e o secretário executivo de Comunicação, Ozeias Laurentino | Foto: Folha Z

O prefeito Gustavo Mendanha (MDB) recebeu cerca de 20 jornalistas para um café da manhã em seu gabinete no Paço Municipal na manhã desta quarta, 13.

O encontro, que estava marcado para as 8h, iniciou às 8h30 devido a um atraso do prefeito.

Ao chegar, Mendanha fez questão de cumprimentar cada jornalista.

Depois, foi até a mesa do café e comeu uma salada de frutas.

Mas o cardápio era mais farto: suco, pão de queijo, biscoito de queijo, rosquinha, bolo e mais.

Na sequência, o prefeito falou por cerca de 30 minutos e abriu espaço para perguntas dos jornalistas.

Análise

O objetivo do encontro de Mendanha com os jornalistas era fazer um balanço da gestão e tratar sobre os 56 anos de emancipação política de Aparecida (celebrados nesta quinta, 14).

Segundo Mendanha, ele assumiu a prefeitura com desconfiança da população devido à sua pouca idade.

Gustavo Mendanha recebeu cerca de 20 jornalistas na sala de reuniões anexa ao seu gabinete na Cidade Administrativa | Foto: Folha Z
Gustavo Mendanha recebeu cerca de 20 jornalistas na sala de reuniões anexa ao seu gabinete na Cidade Administrativa | Foto: Folha Z

Porém, os serviços e a entrega de obras teriam contribuído para desfazer essa 1ª impressão.

Para o prefeito, um dos maiores desafios foi custear, após entregues, os equipamentos públicos de saúde e educação.

“Mas fizemos uma grande revolução na saúde, com a UPA Flamboyant, o HMAP e Centro de Referência, por exemplo”, afirmou.

Câmeras

Na segurança, o prefeito citou a recente instalação de 650 câmeras pela cidade e citou que a municipalização da polícia seria benéfica para essa área.

Segundo ele, elas farão leitura facial e identificação de placas de veículos, por meio de um sistema de vigilância integrado.

“Vamos poder identificar, por exemplo, pessoas com mandato de prisão em aberto”, disse.

Humanização de Aparecida foi o foco da gestão, diz Mendanha a jornalistas | Foto: Folha Z
Humanização de Aparecida foi o foco da gestão, diz Mendanha a jornalistas | Foto: Folha Z

Cidade mais florida

Mendanha ainda contou que se inspirou no exemplo do ex-prefeito de Goiânia Nion Albernaz para florear a cidade.

Segundo ele, a cidade não tinha muitos espaços de lazer e cartões postais.

“Temos um projeto de urbanização para as principais avenidas da cidade, como a Avenida São Paulo, e só estamos começando. Até o final do ano que vem vai aumentar ainda mais”, contou.

Resumo

Para Gustavo, em resumo, sua gestão teve foco na “humanização da cidade”.

“Nasci em Aparecida e quis levar esse olhar humano. Mas confesso que queria ter feito muito mais nos últimos meses. Só que a crise não possibilitou, com a queda nos repasses federais e estaduais”, disse.

Por fim, o prefeito levou os jornalistas para conhecer seu gabinete e o terraço do prédio da Cidade Administrativa, com uma vista privilegiada de Aparecida de Goiânia.

Esse foi o 1º café da manhã de uma sequência de encontros semanais. Na sequência, serão recebidos comunicadores de rádio e televisão.

5 erros de Glaustin que o afastam da Prefeitura de Aparecida


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Mande uma mensagem para o Whatsapp do Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais da Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Aparecida”.

Comentários do Facebook