Para o secretário de Saúde Ismael Alexandrino, independente da possibilidade de internar menores infratores no Credeq, seria importante a expansão do atendimento para a área de Saúde Mental | Fotos: Divulgação / Governo de Goiás
Para o secretário de Saúde Ismael Alexandrino, independente da possibilidade de internar menores infratores no Credeq, seria importante a expansão do atendimento para a área de Saúde Mental | Fotos: Divulgação / Governo de Goiás

O plano de levar menores infratores para o Centro Estadual de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq), em Aparecida, ainda é discutido pelo Governo Estadual.

Para transferir cerca de 50 jovens do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), seria necessário mudar o perfil da unidade, que atualmente lida apenas com a recuperação de viciados.

Em entrevista ao “Diário de Goiás”, o secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, disse que a medida continua em avaliação.

Segundo ele, a intenção da sua pasta é expandir o atendimento da unidade ao paciente adolescente e jovem.

“Existe um diálogo com a secretaria de Desenvolvimento Social sobre a possibilidade de usar a estrutura para o socioeducativo, mas ainda não está batido o martelo, existe esse diálogo no governo”, afirmou o secretário.

Para Ismael, porém, independente da possibilidade de internar menores infratores no Credeq, seria importante a expansão do atendimento para a área de Saúde Mental.

“Vamos ampliar o atendimento, para que não seja tratada apenas a dependência química, mas a saúde mental, na qual a dependência química está inserida”, afirmou.

Protesto

A mudança de perfil do Credeq foi alvo de protesto há 1 semana em Aparecida.

Empresários e políticos apontam malefícios para a região leste da cidade caso a medida seja implementada.

PROTESTO NO CREDEQ 🗣 . Empresários e moradores da região leste de Aparecida estiveram em frente ao Credeq para realizar um protesto na manhã desta quinta, 19, em Aparecida 📍 . Manifestantes aparecidenses são contra a proposta do governo de internar menores infratores na unidade, que atualmente abriga somente dependentes químicos . O protesto estava marcado para às 7h . Em um dos cartazes levados pelos manifestantes, um dizia: “Aparecida não vai retroceder”

75 Likes, 3 Comments – Folha Z (@folhaz) on Instagram: “PROTESTO NO CREDEQ 🗣 . Empresários e moradores da região leste de Aparecida estiveram em frente ao…”

Credeq: Prefeito reage para evitar fardo para Aparecida


Quer receber notícias da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade.

É só seguir a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook