Projeto de Kajuru dá cadeia para quem mentir no currículo

Senador propõe pena de multa e reclusão de 2 a 6 anos para quem exagerar na hora de se candidatar a uma vaga

Mentir no currículo pode virar crime. Ideia é do senador Jorge Kajuru
Mentir no currículo pode virar crime. Ideia é do senador Jorge Kajuru | Foto: Reprodução

Um Projeto de Lei proposto pelo senador Jorge Kajuru (PSB/GO) estabelece pena de multa e reclusão de 2 a 6 anos para quem mentir no currículo.

No caso de servidores públicos, a pena ainda é aumentada em 1/6.

De acordo com o senador, o PL “visa tipificar e criminalizar os agentes que se beneficiam de falsos títulos acadêmicos, sejam eles mostrados, falados ou insinuados, de forma a induzir ao erro a população”.

Kajuru justifica que, muitas vezes, candidatos a vagas mentem sobre os cursos que já fizeram ou ainda falsificam diplomas.

Levantamento feito pela DNA Outplacement com base em 6 mil currículos apontou que 75% dos brasileiros mentem na hora de redigir o Curriculum Vitae.

A ideia é que regras mais severas sejam adotadas para situação, principalmente para a administração pública.

“Se, para galgar uma vaga de trabalho em uma empresa de construção é necessário apresentar o diploma de engenheiro, o que acontecerá com aquele que apresenta um falso título universitário?”, questionou.

Kajuru diz que Hebe Camargo e Sílvio Santos tiveram caso


Acompanhe o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook